22/04/2017 às 14h53min - Atualizada em 22/04/2017 às 14h53min

Dia 28 de Abril... Santa Bárbara Vai Parar !!!

Redação
Reprodução

O movimento Social Barbarense Contra as Reformas esteve reunido nesta semana na Câmara Municipal para debater a “Grande Derrota” de mais um golpe articulado pelo Governo Temer com o Presidente da Câmara Federal Rodrigo Maia, contra os trabalhadores, ao tentar aprovar a inclusão em regime de urgência da “Reforma Trabalhista”, que na prática acaba com a CLT e os direitos trabalhistas, colocando em risco as férias, 13º, licença maternidade etc, além da destruição do movimento sindical brasileiro.  
 



“No que diz respeito a nossa mobilização na cidade no dia 28 de abril, fechamos a proposta unitária, que junto com os sindicatos, iniciaremos a nossa atividade com concentração às 9:00 hs na Praça Dona Carolina (Praça do Fórum) e a seguir desceremos pela Avenida Monte Castelo até a Praça Central para manifestação a partir das 10:00 hs”, explicou o líder do movimento Antonio Alberto Gomes Figueiredo.
 
Toninho também avalia que há um grande esforço de parte dos 12 sindicatos da cidade ao envolverem suas categorias nesta luta, chamando os trabalhadores e trabalhadoras a paralisarem suas atividades neste dia 28 de abril, e saírem às ruas participando das atividades que estarão acontecendo.
 
“Avançamos nas tarefas de mobilização para o Ato, acertando a distribuição de folhetos convidativos, particularmente nas Igrejas chamando os religiosos para saírem às ruas e nas escolas da cidade, para os estudantes também paralisarem suas atividades, e todos participarem dos eventos, para realizarmos um grande movimento neste Dia Nacional de Luta, com a greve geral convocada pelas Centrais Sindicais para todo o País”, conclui Toninho.
 
O movimento sindical de Santa Bárbara estará produzindo 100 mil folhetos chamando o povo para sair as ruas e se manifestarem contra as reformas, que serão distribuídos nas residências, portas das empresas, comércio, feiras, praças e ruas, e acompanhando essa distribuição os carros de som dos sindicatos estarão circulando por esses locais e por toda a cidade.
 
Também na sessão da Câmara Municipal na próxima terça-feira (25/04), estarão usando a “Tribuna Livre” Antônio Carlos Lima, especialista em Previdência Social e dois sindicalistas Paulinho – Sindicato Condutores e Conceição – Sindicato dos Professores, para falarem dessas reformas e reforçarem o chamamento do da população para a luta.
 
Na próxima quarta-feira (26), o movimento se reunirá na Câmara Municipal, às 19hs, para organizarem os últimos detalhes da Manifestação na Cidade, e mais uma vez convidar a todo povo barbarense a se manifestar contra as reformas.
 
(Fonte: Antonio Alberto Gomes Figueiredo)

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Manifestação na câmara municipal de Santa Bárbara, servidores municipais cobrando sobre o reajuste de 1,69 de aumento no salário.

Publicado por Portal Atualidade em Terça-feira, 29 de maio de 2018