16/03/2018 às 18h03min - Atualizada em 16/03/2018 às 18h03min

Mãe repudia homens que gravaram e postaram vídeo de sua filha nua: foi humilhante, ela é doente!

Amanda Sabino - amanda@portalatualidade.com.br
Foto: Arquivo Pessoal
Um vídeo que mostra uma mulher nua andando em direção à delegacia de Hortolândia circula pelas redes sociais desde o início desta sexta-feira (16). Gravado na tarde de quinta-feira por homens que, aparentemente, trabalhavam na capinação de um terreno, o vídeo virou motivo de piada e chacota na Internet. Contudo, a mãe da mulher exposta falou com exclusividade ao Portal Atualidade sobre a real história da filha e repudiou a atitude.
 
De acordo com a dona de casa Ruth Peixoto.de Carvalho, de 50 anos, a mulher no vídeo é sua filha, Ariene, que possui 26 anos e sofre esquizofrenia. A mãe viu o vídeo pelas redes sociais e começou a receber a filmagem em seu celular. “As pessoas iam me mandando, virou piada e chacotas no Facebook. Foi humilhante, ela é doente. Minha filha é um doce de pessoa ontem nem sabia que estava fazendo”, contou.
 
A mãe ficou indignada com as pessoas que gravaram o vídeo e também com uma página no Facebook de notícias que compartilhou a gravação. “A reportagem tinha que ter ido até a delegacia primeiro para saber do que se tratava, não ir postando o vídeo no Facebook. Foi uma total falta de ética, já que eles dizem ser uma página de jornalismo. Saíram repassando o que mandaram pra eles sem ao menos averiguar os fatos”, disse.
 
Segundo Ruth, o rapaz que filmou provavelmente trabalha na Prefeitura de Hortolândia, carpindo as praças, pelo que mostram as imagens. Procurada sobre o assunto, a assessoria de imprensa do órgão não atendeu as ligações da reportagem.
 
A mãe contou também que a filha faz tratamento há 8 anos no Caps (Centro de Atendimento Psicossocial) Vida, no município, mas que foi a primeira vez que aconteceu algo do tipo com a filha. “Ela nunca fica sozinha, sempre está acompanhada por mim, pelo pai ou o irmão. Mas ontem eu estava com ela limpando piscina e achei que ela tinha subido para dormir, como de costume. Mas eu esqueci de trancar o portão e ela saiu pra rua. Ela não estava bem”, lembrou.
 
Moradora do bairro São Sebastião, nas proximidades de onde ocorreu a gravação, Ruth disse que os funcionários da delegacia avisaram a família e chamaram o SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), que levou Ariene até uma UPA (Unidade de Pronto Atendimento) da cidade. ­
 
“Fui muito bem atendida pelo pessoal da delegacia, que chamou o SAMU para leva-la à UPA e nos avisou. Só tenho a agradecer a eles, porém confesso que essa repercussão do vídeo na internet me deixou muito depressiva”, desabafou.
 
A mãe afirmou que a filha foi medicada na UPA e já está em casa, onde passa bem.
 

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Manifestação na câmara municipal de Santa Bárbara, servidores municipais cobrando sobre o reajuste de 1,69 de aumento no salário.

Publicado por Portal Atualidade em Terça-feira, 29 de maio de 2018