16/03/2018 às 08h47min - Atualizada em 16/03/2018 às 08h47min

Judô Socioeducativo segue com inscrições abertas

Oficinas de Judô Socioeducativo promovem a inclusão e a aquisição de componentes morais e éticos

Imprensa | Fundação Romi
Foto: Divulgação

Desde 2012 a Estação Cultural da Fundação Romi realiza o projeto Judô Socioeducativo em parceria com a Associação Paulo Alvim de Judô de Atibaia (APAJA). Desde 2015 conta com o convênio com o Fundo Municipal de Assistência Social de Santa Bárbara d´Oeste do Conselho Municipal de Assistência Social da Secretaria Municipal de Promoção Social de Santa Bárbara d´Oeste.

Destinado a crianças e adolescentes de 05 a 17 anos de idade, o projeto tem aplicação no contrafluxo escolar, a fim de diminuir o tempo de exposição dos pequenos e jovens às ruas e seus possíveis riscos e vulnerabilidade. Somando isso aos benefícios que o esporte oferece, a criança e o adolescente terão seus vínculos comunitários fortalecidos. 


Para professora responsável pelo projeto e educadora física Angélica da Silva, que é judoca, o esporte, com a educação, desempenham um papel aglutinador e estimula o desenvolvimento livre, integral, solidário e coletivo das pessoas, além de firmar seus valores no mundo e promover o desenvolvimento humano e a qualidade de vida. “Atividades esportivas, além de trazer benefícios para o corpo e para a mente, ainda despertam a cooperação, a criatividade, a disciplina e o espírito de equipe, que são elementos essenciais para o processo de desenvolvimento humano. O esporte traz muitos benefícios à saúde e, no judô, destacam-se os seguintes: desenvolve o corpo, a agilidade, equilíbrio, velocidade, coordenação e a flexibilidade; expande a capacidade de analisar a realidade que o cerca; e, fortalece valores como honestidade, humildade, solidariedade e respeito”, comenta a Sensei Angélica.

A oficina de Judô Socioeducativo já recebeu, aproximadamente, 1000 (mil) crianças e adolescentes ao longo de sua vigência. A proposta é gratuita e oferecida em três horários: das 9h às 10h20min, das 13h10min às 14h10min e das 14h10min às 15h10min. As inscrições podem ser feitas de terça a sexta-feira, das 9h às 18h, aos sábados das 8h às 17h, e, aos domingos, das 8h às 12h. Contatos podem ser feitos pelos telefones (19) 3455.4833 e 3455.4830 ou pelo e-mail
estacaocultural@fundacaoromi.org.br.

Sobre a Estação Cultural

Inaugurada em 2007, a Estação Cultural ocupa a centenária estação ferroviária de Santa Bárbara d´Oeste, revitalizada e mantida pela Fundação Romi. A Estação Cultural fomenta a cultura local e movimenta a economia criativa da região. Em sua trajetória 200 mil pessoas já foram beneficiadas, gratuitamente, por suas ações. É um lugar de encontros plurais e multiculturais, onde a comunidade pode aprimorar a sua percepção acerca da cultura local e regional, divulgar valores, trocar vivências, adquirir conhecimentos, experimentar emoções, elaborar pensamentos, tomar iniciativas e ajudar a constituir a identidade cultural da cidade e região. A Estação Cultural está localizada na Avenida Tiradentes, 02, no Centro de Santa Bárbara d´Oeste, SP. (19) 3455-4833 ou 3455-4830.
www.estacaocultural.org.br.

Sobre a Fundação Romi

Criada em 1957, em Santa Bárbara d'Oeste, pelo casal Américo Emílio Romi e Olímpia Gelli Romi, a Fundação Romi tem como missão promover o desenvolvimento social e humano através da educação e cultura. Pioneira na promoção da comunidade regional e na realização de ações sociais, atende mais de 30 mil pessoas por ano através de seus dois grandes eixos: Educação e Cultura. Dentre suas ações está a manutenção do Núcleo de Educação Integrada, sua escola de Ensino Fundamental II, com atendimento integral de 300 adolescentes. Além disso, promove, através de seu Centro de Documentação Histórica, o projeto de Educação Patrimonial que atende mais de 8 mil crianças, da rede municipal do Ensino Fundamental I, para reconhecimento e conhecimento da história local como elemento de cultura e cidadania, e o Processamento Técnico da memória do município para guarda, preservação e disponibilização do acervo à população para consulta e pesquisa. Não bastasse isso, por meio de oficinas livres, culturais e de formação, a Estação Cultural atende mais de 10 mil pessoas por meio de projetos de fomento à economia criativa, de elevação do status cultural e de ações socioeducativas. Tendo como apoiadora a Indústrias Romi S.A., instituições governamentais e não governamentais e demais parceiros da iniciativa privada, a Fundação Romi objetiva, continuamente, atingir um maior número de beneficiários por meio de suas áreas de atuação, seus programas e projetos. Av. Monte Castelo, 1095, Jd. Primavera - Santa Bárbara d'Oeste, SP. (19) 3499-1555.
www.fundacaoromi.org.br.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Manifestação na câmara municipal de Santa Bárbara, servidores municipais cobrando sobre o reajuste de 1,69 de aumento no salário.

Publicado por Portal Atualidade em Terça-feira, 29 de maio de 2018