02/05/2017 às 09h55min - Atualizada em 02/05/2017 às 09h55min

Líder do governo diz que greve geral não atrapalha reformas no Congresso

Redação
Agência Brasil
A greve geral desta última sexta-feira (28) não deve atrapalhar as próximas votações da Reforma Trabalhista. A afirmação é do líder do governo na Câmara, Aguinaldo Ribeiro (PP-PB), após se reunir com o presidente Michel Temer e ministros para discutir o clima da base aliada com as reformas no Congresso. Ribeiro disse que os participantes do encontro desta segunda-feira (1º), no Palácio da Alvorada, fizeram uma avaliação "positiva" da aprovação dos textos da reforma trabalhista, ocorrida na semana passada na Câmara, e traçaram a programação dos próximos passos.

A “Greve Geral”, segundo Ribeiro foi piquetes das vias estratégicas tentando impedir que as pessoas fossem ao trabalho e que os atos não devem ter grandes impactos nas votações.


Sobre o convencimento da população dos pontos-chave da reforma da Previdência, Ribeiro concordou que trabalhar com a comunicação é um "desafio" para que se evitem a propagação de críticas com informações incorretas, como a de que o empregado precisaria trabalhar durante 49 anos para se aposentar.

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Manifestação na câmara municipal de Santa Bárbara, servidores municipais cobrando sobre o reajuste de 1,69 de aumento no salário.

Publicado por Portal Atualidade em Terça-feira, 29 de maio de 2018