12/04/2017 às 21h57min - Atualizada em 12/04/2017 às 21h57min

Aprovada permanência de doulas em maternidades e hospitais de Americana

Redação
Reprodução
Por unanimidade, os vereadores de Americana aprovaram em primeira discussão, com emenda, durante a sessão ordinária realizada nesta quarta-feira (12) projeto de Lei de autoria da vereadora Maria Giovana (PC do B), que autoriza a Permanência de doulas em maternidades municipais e hospitais.
 
A propositura estipula que maternidades, estabelecimentos de saúde da rede municipal e hospitais privados contratados pela rede deverão permitir a presença de doulas durante todo o período de trabalho de parto, parto e pós-parto imediato, bem como nas consultas e exames pré-natal, sempre que solicitadas pela parturiente, sem ônus e sem vínculos empregatícios com os estabelecimentos especificados.
 
De acordo com Maria Giovana, a presença das doulas é importante e encorajada pelo Ministério da Saúde. “Esse apoio das profissionais tem atenuado consideravelmente os casos de depressão pós-parto e aumentado os índices de amamentação. Entretanto, alguns estabelecimentos da cidade têm vedado o ingresso de doulas, obrigando a parturiente escolher entre a presença de um familiar ou a da facilitadora”, expôs a parlamentar, justificando ainda que a apresentação desse projeto significa a preocupação de que seja garantido a todas as mulheres o suporte de acompanhantes especialmente treinadas no ciclo gravídico-puerperal.
 
Também por unanimidade foi aprovado projeto de Lei, de autoria do presidente da Casa, vereador Dr. Alfredo Ondas (PMDB), que autoriza o Poder Executivo a celebrar convênio com municípios limítrofes, para utilizar, reciprocamente, os serviços da Guarda Municipal de maneira compartilhada.
 
De acordo com o parlamentar, o objetivo do projeto é possibilitar que, por intermédio de convênio, as guardas municipais possam trabalhar em conjunto em determinada ação, ou ainda, prestar apoio entre si, quando houver necessidade. Ainda segundo Dr. Ondas, o compartilhamento dos serviços das guardas municipais é previsto em Lei Federal.
 
Devido ao feriado da Páscoa, a Câmara decretou ponto facultativo nesta quinta-feira, antecipando a realização da sessão ordinária para esta quarta-feira (12). O mesmo acontecerá no feriado de Tiradentes. A sessão camararia, do dia 20 será antecipada para o dia 19.
 
Nota:
Sumido há duas sessões da Câmara Municipal com apresentação de pedido de Licença, o vereador Marschelo Meche, do PSDB reapareceu nesta quarta-feira.
O pedido de licença do parlamentar para não participar das sessões foi protocolado no Legislativo, com a justificativa de ter que tratar de assuntos pessoais. Neste período Meche apenas apareceu em sua rede social Facebook para fazer suas postagens.

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Manifestação na câmara municipal de Santa Bárbara, servidores municipais cobrando sobre o reajuste de 1,69 de aumento no salário.

Publicado por Portal Atualidade em Terça-feira, 29 de maio de 2018