16/03/2018 às 08h56min - Atualizada em 16/03/2018 às 08h56min

Procon Hortolândia coleta 400 assinaturas contra lei que altera planos de saúde

Ação realizada na quinta-feira (15/03) marcou o Dia do Consumidor

Comunicação | Hortolândia
Foto: Reginaldo Prado
O Procon (Programa de Proteção e Defesa do Consumidor) Hortolândia recolheu, nesta quinta-feira (15/03), 405 assinaturas contra o projeto de lei que altera os planos de saúde. A ação, realizada das 8h30 às 16h no Open Shopping, no Centro, marcou o Dia do Consumidor e os 27 anos do Código de Defesa do Consumidor. Ação foi uma parceria entre o Procon Hortolândia e a Fundação Procon-SP.
 
As assinaturas coletadas integrarão uma petição que será encaminhada aos deputados federais. De acordo com o órgão municipal, a proposta prevê punições mais brandas para as operadoras de planos de saúde, além de conter pontos que ferem os direitos dos consumidores. O projeto de lei está para ser votado por uma Comissão Especial da Câmara dos Deputados.
 
A diretora do Procon Hortolândia, Silvia Marcia dos Santos, destaca que a quantidade de assinaturas colhidas superou a meta estipulada, que era de 300. “A ação foi bem positiva. As pessoas estão atentas sobre seus direitos no que se refere a planos de saúde”, salienta a diretora.
 
Quem não conseguiu participar da ação desta quinta-feira, poderá assinar a petição na sede do Procon, que fica no HORTOFÁCIL, localizado na rua Argolino de Moraes, 405, Centro. O horário de funcionamento é de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.
 
A petição também pode ser assinada via internet. No site da Prefeitura,
www.hortolandia.sp.gov.br, há um banner com link direto para a petição, ou clique aqui.

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Manifestação na câmara municipal de Santa Bárbara, servidores municipais cobrando sobre o reajuste de 1,69 de aumento no salário.

Publicado por Portal Atualidade em Terça-feira, 29 de maio de 2018