05/10/2017 às 13h13min - Atualizada em 05/10/2017 às 13h13min

Nove são presos em megaoperação do GAECO nesta quinta-feira

PM de Americana e Guardas Municipais de SBO estão envolvidos nos crimes de furtos e veículos na região.

Fernanda Nastrini
Redação
Ilustrativa

A Megaoperação do GAECO - (Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado) do Ministério Público já prendeu nove pessoas envolvidas nos crimes de furtos de veículos, em Americana. Entre os envolvidos está um policial militar, do 19º Batalhão de Americana e Guardas Municipais de Santa Bárbara d’ Oeste, segundo informou o tenente –coronel Mauro Luchiari Junior.

A operação denominada “Fusca Amarelo” teve início às 6h, desta quinta-feira(05), nas cidades de Americana, Santa Bárbara d’ Oeste e Paulínia, com a finalidade de desmantelar uma quadrilha especializada neste crime.
Até o momento, nove pessoas já foram detidas e passam por oitivas. No caso do PM de Americana, ele foi encaminhado para a CPJ (Central de Polícia Judiciária). Os Guardas Municipais são de Santa Bárbara e foram apresentados no Distrito Policial da cidade. Os demais envolvidos foram direcionados para Piracicaba, na sede do Gaeco.

De acordo com tenente –coronel Luchiari, cerca de 100 policiais participam da megaoperação, sob comando de um capitão e dois tenentes, além de promotores do Gaeco. “Essa operação é relacionada a ações de criminosos envolvendo furtos de veículos, em Americana, devido ao alto índice criminal. A quadrilha já está sendo detida e o Ministério Público irá tomar todas as providencias cabíveis para que essas pessoas sejam penalizadas e o crime de furtos de veículos tenha uma diminuição drástica na cidade”, explicou Luchiari.
Luchiari confirmou ainda o envolvimento de agentes públicos, policiais militares e civis além de guardas municipais no crime. “Esses agentes já estão com mandado de busca e apreensão e de prisão. Essa operação consiste na busca nas casas e locais de trabalho e demanda tempo para encerrar a investigação”, destacou.

A operação “Fusca Amarelo” é um trabalho conjunto entre o Ministério Público e a Polícia Militar diante dos inúmeros casos de furtos de veículos em Americana. Esse trabalho de investigação já ocorre há um bom tempo. Os agentes públicos envolvidos são acusados de favorecimento de informações privilegiadas e crime de corrupção.
No caso do Policial Militar, de Americana Luchiari disse que aguardará a chegada de todos os documentos do MP, para falar sobre o caso. Mas garantiu que será instaurado um inquérito policial militar para apurar as denúncias. Haverá ainda um processo disciplinar, para que ele responda no sentido de permanecer ou não na corporação. O PM envolvido estava de folga.

NOTA DA PREFEITURA DE S.BÁRBARA 

De acordo com o secretário de Segurança, Trânsito e Defesa Civil de Santa Bárbara d'Oeste, Romulo Gobbi, a informação não procede.

Nenhum guarda civil municipal foi alvo da operação até o momento.

Ainda segundo o secretário, caso haja a requisição para apresentação de algum profissional da guarda, isso ocorrerá imediatamente. Por volta das 16 horas, espontaneamente um guarda civil municipal cedido à Polícia Civil se prontificou a ir até o Gaeco, em Piracicaba, para tomar conhecimento sobre os fatos, uma vez que chegou ao conhecimento do secretário uma busca realizada no local de trabalho deste profissional - Serviço de Investigação Geral da Polícia Civil de Santa Bárbara d'Oeste.

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Manifestação na câmara municipal de Santa Bárbara, servidores municipais cobrando sobre o reajuste de 1,69 de aumento no salário.

Publicado por Portal Atualidade em Terça-feira, 29 de maio de 2018