13/06/2017 às 08h20min - Atualizada em 13/06/2017 às 08h20min

Coden transformará lodo do esgoto em adubo

Redação
Reprodução

Grande parte do lodo retirado do esgoto coletado e tratado em Nova Odessa será reaproveitado com a fabricação de composto orgânico para adubar praças e jardins na cidade. Num futuro próximo a Coden (Companhia de Desenvolvimento de Nova Odessa) poderá comercializar o produto para fins agrícolas. Além de economizar dinheiro, Nova Odessa reduzirá a quantidade de lodo enviado para aterro sanitário e será possível, ainda, gerar receita a partir da venda do composto orgânico produzido.

A cerimônia de assinatura da liberação do recurso na ordem de R$ 2,313 milhões para a implantação do barracão que fabricará o material na ETE Quilombo, ocorreu no gabinete do prefeito de Piracicaba, Barjas Negri, presidente dos Comitês PCJ (Bacia dos Rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí), com presença de dirigentes da Coden e do prefeito novaodessense Benjamim Bill Vieira de Souza.

Desde meados de 2015 é tratado 100% do esgoto doméstico coletado no Município e o lodo gerado atualmente é disposto em aterro de Paulínia, com gastos atuais passando de R$ 50 mil por mês.

Para o Prefeito Bill, trata-se de um investimento de gestão pública moderna, por economizar recursos financeiros e também ambientais. "É mais um projeto pioneiro que Nova Odessa vai implantar na área ambiental e de saneamento", afirma. O diretor-presidente da Coden, Ricardo Ongaro, explicou que experimentos têm comprovado a eficácia do lodo, através do plantio de milho em uma área adjacente de 39m² na ETE Quilombo.

A Companhia pretende realizar a compostagem do lodo, misturando-o com restos de podas de árvores e calcário. A aplicação do lodo incluem melhoria estrutural do solo, ajuste de pH, adição de micronutrientes, aumento da capacidade de retenção de água e progresso na aeração do solo.

A verba permitirá construir o barracão de 1.250 m² e a composteira. Atualmente a ETE Quilombo produz aproximadamente 5 toneladas de lodo por dia, sendo o material formado em 80% por resíduo líquido e 20% sólido.
 


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Manifestação na câmara municipal de Santa Bárbara, servidores municipais cobrando sobre o reajuste de 1,69 de aumento no salário.

Publicado por Portal Atualidade em Terça-feira, 29 de maio de 2018