17/06/2020 às 16h40min - Atualizada em 17/06/2020 às 16h40min

Buffet infantil fecha as portas em Santa Bárbara d'Oeste

Clientes que tinham contrato fechado cobram posicionamento da empresa

Bianca Martim
Reprodução/Google Maps
Mães que planejavam fazer festas infantis em um buffet de Santa Bárbara d’Oeste foram surpreendidas na última segunda-feira (15). Localizado na Avenida Alfredo Contatto, o buffet anunciou o encerramento de suas atividades pelas redes sociais e pediu compreensão dos clientes. Segundo as mães, até esta quarta-feira (17) elas não receberam respostas concretas.


Em uma publicação feita no Facebook, a empresa disse que “infelizmente, por motivos de força maior, não tivemos outra opção.” O buffet infantil também agradeceu aos clientes e pediu para que entrassem em contato com os proprietários via Whatsapp para mais esclarecimentos.

Uma cliente, que preferiu não ser identificada, afirmou que a empresa alegou sofrer consequências provocadas pela pandemia do novo Coronavírus, que afetou diretamente o setor de eventos. “Ela não falou comigo em particular antes de anunciar o encerramento das atividades no Facebook”. 

A cliente relatou ainda que os proprietários da empresa disseram que estavam entrando em contato com um advogado para resolver os casos de forma individual. Diante da ausência de respostas concretas e soluções, as mães que tinham contrato com o buffet criaram um grupo no Whatsapp para compartilhar seus casos. 

Outra mãe afirmou que algumas contratações foram feitas via cartão de crédito. Por isso, os responsáveis pelo buffet deveriam apenas pedir o cancelamento das mensalidades e negociar as parcelas já pagas. Segundo ela, a proprietária do buffet diz que essa solicitação deve ser feita pela cliente, porém as centrais de atendimento de cartão de crédito afirmam que isso pode ser feito apenas pela empresa.


Em abril, o buffet fez um post nas redes sociais afirmando que a agenda para contratação de eventos em 2021 estava aberta, além da agenda de eventos para o segundo semestre deste ano.

Procurada pelo Portal Atualidade, a proprietária da empresa disse que prefere não se posicionar no momento. “Para as pessoas que estão entrando em contato, estamos conversando com todos, e assim que possível estaremos nos posicionando com cada um em relação a seus contratos”, afirmou.
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Manifestação na câmara municipal de Santa Bárbara, servidores municipais cobrando sobre o reajuste de 1,69 de aumento no salário.

Publicado por Portal Atualidade em Terça-feira, 29 de maio de 2018