16/03/2020 às 20h22min - Atualizada em 16/03/2020 às 20h22min

Moradores do Bosque das Árvores estão sem água há três dias

Redação
Reprodução

Desde o último final de semana as 260 famílias moradoras do Residencial Bosque das Árvores, no Parque Residencial do Lago, em Santa Bárbara d’Oeste, estão sem água. O problema se deve a uma falha na bomba d’água do condomínio Manacá.

 

Diversos moradores procuraram a reportagem do Portal Atualidade para relatar o transtorno de ficar sem água em casa, especialmente nas residências que têm crianças pequenas e idosos. 

 

Eles relataram que a bomba d’água está quebrada e que a administradora do condomínio não tomou nenhuma providência sobre o assunto, apesar de receber o condomínio em dia.

 

Questionada sobre o assunto, a Weber Premium, administradora do Residencial Bosque das Árvores, informou que é responsável apenas pela parte administrativa e financeira do condomínio e não pela manutenção, que deve ser feita pelo síndico. "Somos responsáveis pela parte administrativa financeira do condomínio (contas a pagar, geração de boletos, cobranças, etc...) e não pela parte de manutenção (conserto), sendo essa de responsabilidade do síndico e conselho, onde somente ambos tem o poder legal de contratação de mão de obra e/ou aquisições de materiais para devido reparo. Vale ressaltar que esta administradora dará todo suporte ao síndico e conselho para solucionar quaisquer problemas corriqueiros e preventivos que o condomínio vier a ter, como sempre feito. Aproveitando para informar que o síndico, conselho e administração já está ciente do fato e desde o início do problema correndo atrás de solucionar o problema de uma vez por todas", destacou a empresa, por meio de nota.

Além disso, a administradora também informou que o conserto fica entre R$ 2 e R$ 3 mil reais e que, devido à inadimplência, o condomínio não possui tal dinheiro em caixa. "Vale ressaltar que o condominio Manaca possuí uma INADIMPLÊNCIA atual de quase 50%, ou seja, de 260 unidades, o condomínio vem arrecadamendo mensalmente apenas uma media de 100 a 130 pagantes (unidades), ocasionando um deficit de caixa MUITO ALTO, onde esse reflexo gera uma debilitação financeira muito grande, deixando assim o condomínio de arcar com algumas obrigações financeiras mensais, aumentando seus débitos com fornecedores e prestadores de serviços. A situação da falta d'água provem do problema em 2 (duas) boias mecânicas da caixa d'água, onde 1 (uma) boia (superior a caixa) o sindico atual conseguiu realizar o reparo da mesma para devida recolocação. Porem a segunda boia, o condomínio infelizmente terá que realizar a compra da mesma, onde em breve cotações a o valor de compra dessa chega a ser entre R$2.000,00 a R$3.000,00, e como mencionado o condomínio tem um déficit em seu caixa, NÃO tendo esse valor total disponível em conta para aquisição atual. De qualquer maneira, o sindico e essa administração esta estudando várias formas para tentativa de aquisição dessa peça e solucionar o problema de uma vez por todas".

 
Por fim, a nota enviada pela empresa destaca que já foi realizado um reparo que deve normalizar a situação. "Até o presente momento já foi trocado um dos Disjuntor elétrico que estava danifica no painel da caixa d'água e a instalação da boia mecânica superior, segundo informações do sindico e prestador de serviço que estava realizando esses reparos, a caixa d'água voltou a funcionar, devendo voltar as devidas normalidade. Mas vale ressaltar, que ainda é necessário a troca da boia mecânica superior, onde o caixa financeiro do condomínio aguarda entrada de mais valores para devida aquisição. Lembrando que a entrada de valores em conta é PROVENIENTE dos PAGAMENTOS dos débitos condominiais (taxa mensal de condomínio) dos moradores".

 

 

Notícias Relacionadas »
Comentários »

Manifestação na câmara municipal de Santa Bárbara, servidores municipais cobrando sobre o reajuste de 1,69 de aumento no salário.

Publicado por Portal Atualidade em Terça-feira, 29 de maio de 2018