14/10/2019 às 18h44min - Atualizada em 14/10/2019 às 18h44min

Falhas no recolhimento do FGTS já renderam multas de R$ 2,3 milhões à prefeitura de S.Bárbara

Irregularidades ocorrem nos últimos cinco anos segundo apontam documentos enviados à Câmara

Da Redação
A CEI (Comissão Especial de Inquérito) que apura rregularidades no recolhimento do FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço) pela Prefeitura de Santa Bárbara d’Oeste constatou que nos últimos cinco anos a administração municipal vem cometendo falhas no recolhimento do benefício dos servidores. Essa prática rendeu R$ 2,3 milhões de multas à prefeitura. 
 

Os vereadores membor sda comissão se reuniram besta segunda-feira (14) para avaliar as documentações enviadeas pela prefeituira. A CEI vai investigar o recolhimento do FGTS  no período de 2013 a 2019, durante as duas gestões do prefeito Denis Andia (PV). 
 
Além dos membros da CEI, participaram da reunião o contador Alex Borges, diretor de controle; Vilson Vendramin Jr., técnico administrativo; e o procurador dr. Rodrigo Lorente, os três servidores da Casa de Leis. 
 
“Hoje, o que conseguimos extrair em relação às guias de recolhimento do FGTS é que nos dois primeiros anos, 2013 e 2014, foi tudo recolhido em dia. No entanto, houve falhas no recolhimento dos últimos cinco anos, de 2014 a 2019, falhas essas que geraram multas para a Prefeitura que somam pouco mais de R$ 2,3 milhões”, afirma Jesus Vendedor. “Faltou a Prefeitura nos enviar os extratos bancários já solicitados, por isso refizemos esse questionamento para que possamos constatar se havia dinheiro em caixa, qual foi a prioridade dos pagamentos e o que justifica o não recolhimento do FGTS”, conclui o presidente da CEI. 

 
...
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Manifestação na câmara municipal de Santa Bárbara, servidores municipais cobrando sobre o reajuste de 1,69 de aumento no salário.

Publicado por Portal Atualidade em Terça-feira, 29 de maio de 2018