01/10/2019 às 09h32min - Atualizada em 01/10/2019 às 09h32min

Denis Andia vai enfrentar Comissão Processante em S. Bárbara

Relatório do vereador Dr. José aponta para improbidade administrativa

Beto Silva
O atraso no pagamento dos salários  dos servidores públicos de Santa Bárbara d'Oeste vai render uma CP (Comissão Processante) contra o prefeito Denis Andia (PV). Os vereadores membros da CEI (Comissão Especfial de Inquérito) que apurou irreguaridades no parcelamento e atraso no pagamento dos funcionários públicos, se reuiram nesta segunda-feira (30) para elaboração do relatório.

O relator nomeado, Joel Cardoso, o Joel do Gás (PV), apontou em sua avaliação que a crise financeira de 2015 somada à queda da arrecadação sofrida pela prefeitura seriam os fatores responsáveis pela dificuldade da adminitração municipal em honrar os salários. 

A justificativa, no entanto, não convenceu o presidente da CEI, José Antônio Ferreira, o Dr. José (PSDB), que apresentou um relatório em separado, contradizendo a versão oficial. Para o tucano, houve falta de planejamento do Executivo que tornou o parcelamento dos salários um hábito corriqueiro. Dr. José desmontou a alegação de crise financeira ao citar o superávit de R$ 100 milhões no período em que os salários foram parcleados. 

O presidente também lembrou das contradições do secretário de Governo, Rodrigo Maiello, durante seus depoimentos à comissão. Por fim, o tucano vai encaminhar a conclusão ao MInistério Público e Justiça do Trabalho e pretende instaurar uma comissão processante contra o prefeito verde. 

O parcelamento dos salários perdurou nos períodos: setembro, outubro e dezembro de 2015; julho, agosto e dezembro de 2016; assim como em todos os meses de 2017 e 2018, além de janeiro e fevereiro de 2019. Dr. José destaca ainda que, mesmo em março, quando a Prefeitura recebe grande parte do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) à vista, o Executivo não efetuou o pagamento integral no quinto dia útil nos anos de 2017 e 2018. "Não houve prioridade mesmo em pagar no 5º dia útil o salário integral", disse o vereador. 

 
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Manifestação na câmara municipal de Santa Bárbara, servidores municipais cobrando sobre o reajuste de 1,69 de aumento no salário.

Publicado por Portal Atualidade em Terça-feira, 29 de maio de 2018