16/07/2019 às 09h30min - Atualizada em 16/07/2019 às 09h30min

Torcedora de 75 anos, de Americana, assiste ao jogo do 'Timão'

Idosa se diz fanática e assistiu a disputa com a vitória do Corinthians

Central do Timão
Neste domingo (14) a Central do Timão acompanhou, além de uma vitória alvinegra aos 33 do segundo tempo, uma história emocionante que marcou o retorno da temporada.

A Camisa 12, uma das organizadas do Corinthians, realizou uma ação em prol de uma torcedora fanática de 75 anos. Além de receber calorosamente em sua quadra a “dona Gordinha” – como foi carinhosamente apelidada – deu a ela a oportunidade de realizar um sonho: assistir ao Corinthians na Arena.


Idail Cia é uma senhora de cabelos brancos e olhos azuis, neta de italianos. Ela nasceu no dia 4 de janeiro de 1944, em Limeira, interior de São Paulo. Há seis meses, passou a morar em uma casa de repouso em Americana, que fica a 25km da antiga cidade.

Dos oito irmãos que Idail teve, os cinco homens faleceram e restaram apenas as três mulheres. Perguntei a ela sobre sua vida. Ela conta que foi casada durante 34 anos e está viúva há 12. 


Quando questionei sobre o motivo da morte do marido, ela respondeu com às seguintes palavras:  "Ele morreu de tanto fumar e beber". Desde então, ela ficou morando sozinha. Preocupada, Lair Cia, irmã mais velha de Idail, levou-a para morar no Benaiah.


Na mesma casa, mora também a irmã mais nova de dona Idail. Ela está lá há mais tempo, seis anos. Os quartos são para duas pessoas, contudo, elas não ficam juntas. Suponho que não daria certo mesmo, já que a irmã é palmeirense.

Dona Idail disse que a irmã sempre quis convencê-la a torcer para o rival, mas ela jamais aceitou. "Em primeiro lugar na minha vida é Deus, em segundo é o Corinthians", 
afirma.
 
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Manifestação na câmara municipal de Santa Bárbara, servidores municipais cobrando sobre o reajuste de 1,69 de aumento no salário.

Publicado por Portal Atualidade em Terça-feira, 29 de maio de 2018