16/05/2017 às 09h12min - Atualizada em 16/05/2017 às 09h12min

Brasil se prepara para receber refugiados venezuelanos

Redação
ECB
O ministro da Defesa, Raul Jungmann, disse que o Brasil elabora um "plano de contingência", para receber refugiados venezuelanos, em especial em Roraima, que fogem da violenta crise política, descontrole da inflação e escassez de alimentos no país vizinho.

O governo de Roraima estima já ter recebido cerca de 30 mil pessoas vindas da Venezuela, o que levou a decretar, em dezembro do ano passado, Situação de Emergência em Saúde Pública de Importância Nacional nos municípios de Pacaraima e Boa Vista, por causa do fluxo migratório.
"Eu estive na Colômbia, agora vou me encontrar com os peruanos em Tabatinga [Amazonas]. A avaliação corrente é que não está se vendo uma saída conciliada. Então, o Brasil está se preparando para receber refugiados. Inclusive vai receber nesta semana a Acnur, órgão da ONU para refugiados", disse o ministro. Acnur é o Alto Comissariado da Organização das Nações Unidas para Refugiados, 

Questionado sobre o plano de contingência, Jungmann não quis entrar em detalhes, porque o planejamento é sigiloso, mas ressaltou que a iniciativa "tem tanto a ver com refugiados quanto com os brasileiros e também com a integridade e segurança dos brasileiros que estão na Venezuela".
O conflito se agravou neste ano com enfrentamentos entre manifestantes pró e contra o governo e forças policiais, que já deixaram mais de 30 mortos e 700 feridos.
(Fonte: EBC)

 
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Manifestação na câmara municipal de Santa Bárbara, servidores municipais cobrando sobre o reajuste de 1,69 de aumento no salário.

Publicado por Portal Atualidade em Terça-feira, 29 de maio de 2018