04/03/2019 às 17h47min - Atualizada em 04/03/2019 às 17h47min

Munícipes criam grupo para lutar contra aumento nas contas de água em S. Bárbara

Algumas pessoas estudam fazer um boletim de ocorrência ou entrar com um processo contra o DAE

Luis Capucci - redacao@portalatualidade.com.br
Foto: Divulgação
Nas últimas semanas, moradores de diversos bairros de Santa Bárbara d’ Oeste estão relatando aumentos absurdos nas contas de água. Para combater esse problema, aproximadamente 100 pessoas criaram um grupo no WhatsApp. Eles estudam as medidas legais cabíveis ao caso. Os munícipes falaram tanto de fazer um boletim de ocorrência como também levantam a possibilidade de abrir um processo contra o DAE (Departamento de Água e Esgoto) de Santa Bárbara.

De acordo com o mecânico Gelson Prates, que é o criador do grupo, a comunidade surgiu após ele comentar os problemas que estava tendo em suas redes sociais. “Eu escrevi sobre ao aumento na minha conta de água no Facebook. A postagem gerou milhares de curtidas e comentário. Então, comecei falar com as pessoas e criamos esse grupo”, declarou o mecânico.

Prates, que é morador da Rua Limeira, no Jardim Dona Regina, relatou que seu gasto com água ia de R$ 80 até no máximo R$ 120, mas a cobrança de janeiro veio no valor de R$371. Ele havia pago R$ 65 no mês anterior.

Já no caso da em operadora de empilhadeira Franciele Cristina Lopez, que mora na mesma rua que Prates, a conta subiu de R$65 para R$400 no mês seguinte. “Só moram eu e meus filhos em casa. Eu trabalho e eles vão para escola. Eu lavo mais roupa na casa da minha mãe. Como pode ter aumentado tanto?”, relatou Franciele.  

A promotora de vendas Taís Lopez Nascimento, que é moradora da Rua do Mercúrio, no bairro Jardim Mollon, também está no grupo. “Moram só três pessoas em casa. Eu pago em média R$45 de água, mas a conta do último mês veio cobrando R$191. Isso é absurdo. Além do mais, todo final de semana falta água aqui. Chegamos a ficar três dias sem água. É absurdo eu pagar mais por um serviço assim”, afirmou Taís.

O vendedor Alexsandro Reis Ferreira, por sua vez, não está no grupo, mas também entrou em contato com Portal Atualidade para relatar problemas com as contas de água. Ele é morador da Rua do Amor, no bairro Jardim Vista Alegre. “A (conta) do mês passado veio R$ 122, 50. Aí a desse mês eu tomei um susto: R$ 191, 36”, declarou.

A Prefeitura de Santa Bárbara não respondeu aos questionamentos do Portal Atualidade até o fechamento dessa matéria.

Americana
Diversos moradores de vários bairros de Americana estão reclamando de aumentos absurdos no valor da conta de água no prazo de um mês. Em um dos casos, a munícipe pagou R$40 na vez passada e recebeu um carnê cobrando R$1.048, 52 agora.

A Prefeitura de Americana, através de sua assessoria de imprensa, em outra ocasião, declarou apenas que as moradoras precisam registrar as reclamações no DAE para que as situações sejam verificadas. O telefone é 0800 123737.
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Manifestação na câmara municipal de Santa Bárbara, servidores municipais cobrando sobre o reajuste de 1,69 de aumento no salário.

Publicado por Portal Atualidade em Terça-feira, 29 de maio de 2018