11/02/2019 às 19h00min - Atualizada em 11/02/2019 às 19h00min

Idosa de 76 anos fica 5 horas esperando ambulância

A Prefeitura de S. Bárbara levou a mulher para uma consulta em Sumaré, mas só voltou buscar às 20 horas

Luis Capucci - redacao@portalatualidade.com.br
Foto: Divulgação
Uma idosa de 76 anos teve que esperar cinco horas para ser buscada por uma ambulância em Sumaré.  A mulher, que sofre com uma hérnia, foi levada pela Prefeitura de Santa Bárbara d’ Oeste para realizar uma consulta em Sumaré no Hospital Estadual Dr. Leandro Franceschini, mas teve que aguardar até 20 horas para que alguém fosse buscá-la.

De acordo com Dirce Galdino da Silva, que é filha da idosa, a mãe e a irmã foram levadas até Sumaré por volta das 11h da manhã da última sexta-feira (08). “Eles saíram de lá as 15h e entraram em contato com o motorista. Ele disse que não podia buscá-las naquele momento, mas que iam mandar alguém. Elas esperam até as 17h e me ligaram. Entrei em contato com o setor e me disseram que mandariam alguém. Mas a ambulância só foi aparecer lá as 20h. Isso não pode acontecer”, declarou Dirce.

Segundo ela, a mãe chegou em casa por volta das 20h30. Ela acredita que a idosa e irmã dela, que estava de acompanhante, ficaram sem comer durante todo esse tempo.

A Prefeitura de Santa Bárbara não respondeu aos questionamentos do Portal Atualidade até o fechamento dessa matéria.

Outro Caso
O Portal Atualidade noticiou na última sexta-feira (08) que um menino de 6 anos que nasceu com uma deficiência física foi transportado pela Prefeitura de Santa Bárbara d’ Oeste para fazer um tratamento no Centro de Reabilitação de Piracicaba, mas não ninguém foi buscá-lo.

O problema ocorreu duas vezes na semana passada.

Notícias Relacionadas »
Comentários »

Manifestação na câmara municipal de Santa Bárbara, servidores municipais cobrando sobre o reajuste de 1,69 de aumento no salário.

Publicado por Portal Atualidade em Terça-feira, 29 de maio de 2018