04/01/2019 às 11h36min - Atualizada em 04/01/2019 às 11h36min

Munícipe relata que não consegue encontrar vacina contra meningite para a filha de um 1 ano nas UBSs de S. Bárbara

Criança vai entrar na creche em fevereiro e mãe teme que a vacina não chegue até lá

Luis Capucci - redacao@portalatualidade.com.br
Foto: Divulgação
A atendente de lotérica Paula Roberta, de 38 anos, tenta vacinar a filha de um ano contra a meningite, mas não consegue. A situação já se acontece há dois meses nas UBS (Unidades Básicas de Saúde) de Santa Bárbara d’ Oeste, segundo ela.

De acordo com Paula, a procura começou em novembro de 2018, quando a filha dela completou um ano. “Ela deveria ter tomado a vacina na época que fez aniversário, mas não tinha no posto. Continuamos procurando e até agora nada. Eu fico preocupada porque em fevereiro ela vai para a escola. A vacina está R$ 500 se for pagar particular. Não acho justo se era para ter no público!”, relata a atendente de lotérica.

A munícipe relata ter ido em três UBS. Em todas, a vacina contra meningite estava em falta. Ela conta que funcionários do local disseram que não havia previsão para a chegada do medicamento.

A Prefeitura de Santa Bárbara não respondeu aos questionamentos do Portal Atualidade até o fechamento dessa matéria.
 

Notícias Relacionadas »
Comentários »

Manifestação na câmara municipal de Santa Bárbara, servidores municipais cobrando sobre o reajuste de 1,69 de aumento no salário.

Publicado por Portal Atualidade em Terça-feira, 29 de maio de 2018