30/08/2018 às 19h22min - Atualizada em 30/08/2018 às 19h22min

Quadrilha passa número de celular de morador de S. Bárbara para outro chip e tenta aplicar golpe pelo WhatsApp

A vítima veio a descobrir que uma pessoa usando o login de uma empresa terceirizada da operadora efetuou a mudança do número de celular para um outro chip

Luis Capucci - redacao@portalatualidade.com.br
Foto: Reprodução
O advogado José Jorge Guedes de Camargo, morador de Santa Bárbara d’ Oeste, passou momentos de tensão no início dessa semana. Ele descobriu no final da tarde da última segunda-feira (27) que o número de seu celular havia sido passado para outro chip e que os criminosos estavam utilizando o WhatsApp para pedir aos contatos dele que fizessem depósitos em uma conta.


De acordo com o advogado, o problema teve início as 16h da última segunda-feira, quando seu telefone ficou sem sinal. No final da tarde do mesmo dia, ele chegou em casa e encontrou a esposa nervosa, pois diversos amigos estavam entrando em contato afirmando que ele havia mandado mensagens pelo aplicativo pedindo dinheiro.

A vítima veio a descobrir que uma pessoa usando o login de uma empresa terceirizada da operadora efetuou a mudança do número de celular para um outro chip. “É assustador saber que qualquer pessoa pode ter acesso aos nossos números de celular e não podemos fazer nada”, declarou o advogado.

Após esse procedimento, o criminoso cadastrou o acesso e a conta do WhatsApp no aparelho dele (momento esse na qual a vítima também ficou sem poder utilizar o aplicativo) e passou a mandar mensagens passando-se pelo advogado.

Mas as dores de cabeça da vítima não terminaram aí. Ele foi até uma loja da operadora para bloquear o número, mas o funcionário acabou cancelando por engano, o que gerou mais problemas.

As tentativas de bloquear o WhatsApp também se mostraram em vão, uma vez que os criminosos ainda mandavam mensagens através do número do advogado. “Entrei em contato e enviei diversos e-mails, mas nada foi feito”, relatou Guedes.

A solução foi mesmo trocar de número.

MEDIDAS

O advogado passou para o Portal Atualidade algumas medidas que as pessoas que caírem nesse tipo de golpe devem adotar.

1- Ao perceber que o crime ocorreu, a vítima deve suspender a linha por telefone e ir até uma loja da operadora e resgatar seu numero para um outro chip.

2- Registrar um Boletim de Ocorrência (B.0.)

Para evitar cair em fraudes como essa todos devem ativar a Segurança em Duas etapas na conta do WhatsApp. 

Para fazer isso basta acessar configurações/ contas/ verificação em duas etapas. Depois disso, basta criar uma senha e informar o seu e-mail. Com isso, se torna mais difícil ser vítima de golpes através do aplicativo.

 
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Manifestação na câmara municipal de Santa Bárbara, servidores municipais cobrando sobre o reajuste de 1,69 de aumento no salário.

Publicado por Portal Atualidade em Terça-feira, 29 de maio de 2018