13/08/2018 às 19h26min - Atualizada em 13/08/2018 às 19h26min

Água limpa vaza por quinze dias na Avenida São Paulo em S. Bárbara

De acordo com o DAE (Departamento de Água e Esgoto), o vazamento foi causado por movimentações de máquinas e caminhões da Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos (EMTU)

Luis Capucci - redacao@portalatualidade.com.br
Foto: Regiane Precomo
Água limpa estava vazando a aproximadamente 15 dias na Avenida São Paulo, em Santa Bárbara. De acordo com o DAE (Departamento de Água e Esgoto), o vazamento foi causado por movimentações de máquinas e caminhões da Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos (EMTU), que trabalha nas obras do Corredor Metropolitano no local.


Porém, de acordo com a balconista Regiane Precomo, de 40 anos, que mora em frente ao local do vazamento, as obras não acontecem por ali já há alguns meses. “Uma parte mais pra baixo ainda está em obras, mas aqui já acabou. Liguei no DAE e me disseram que seria culpa do EMTU, mas não acho que isso seja verdade. Mas não queremos culpados. Queremos resultados”, declarou a balconista.

Segundo Regiane, os problemas tiveram início no final do mês de julho. Ela relatou ter ligado para o DAE relatando o problema e depois de quatro dias, funcionários vieram e relataram que não poderiam fazer o reparo, pois estavam apenas com dois tratores para realizara os reparos em toda a cidade. Dois dias depois, uma equipe foi até a avenida e fez um buraco no local do problema, informando aos moradores que a EMTU seria a responsável pela recuperação ali.

De acordo com informações do DAE de Santa Bárbara, o reparo será realizado amanhã. A autarquia também informou que poderão ocorrer oscilações no abastecimento de água para alguns bairros da Zona Leste no período das 8h às 22h, que compreende o tempo de conclusão do reparo da tubulação e de recuperação total dos níveis dos reservatórios envolvidos no sistema.

Os bairros são: Planalto do Sol I e II, Zabani, Nova Conquista, Santa Fé, Laranjeiras, Jd. das Orquídeas, Cidade Nova e Vila Dainese.

Os trabalhos serão de responsabilidade da EMTU, com acompanhamento de uma equipe técnica do DAE.

 
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Manifestação na câmara municipal de Santa Bárbara, servidores municipais cobrando sobre o reajuste de 1,69 de aumento no salário.

Publicado por Portal Atualidade em Terça-feira, 29 de maio de 2018