10/08/2018 às 20h30min - Atualizada em 10/08/2018 às 20h30min

ONG de proteção aos animais denuncia descaso da Prefeitura de S. Bárbara com Centro de Zoonoses

Segundo organização, uma reforma no prédio do local é prometida pelo prefeito Denis Andia (PV) desde o início do primeiro mandato dele, mas não foi cumprida até hoje

Luis Capucci - redacao@portalatualidade.com.br
Foto: Divulgação
A ONG SPASB (Sociedade Protetora dos Animais de Santa Bárbara) relatou ao Portal Atualidade uma situação de descaso da Prefeitura da cidade com o Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), que fica na Estrada da Cachoeira, 1365. De acordo com Maria Luiza Furlan, presidente da organização, uma reforma no prédio do local é prometida pelo prefeito Denis Andia (PV) desde o início do primeiro mandato dele, mas não foi cumprida até hoje.
 

“O prédio está em situação de abandono com livros e equipamentos sendo deteriorados pela ação do tempo e o descaso”, afirmou a advogada Kátia Ferrari, que também é voluntária da ONG.

Segundo a presidente da organização, um projeto para a reforma do local chegou a ser a apresentado, mas a data em que as obras vão começar ou quando o prédio será entregue não foram divulgadas pelo Poder Público.

Entre os problemas apontados por Maria, está a questão envolvendo a adoção dos animais. De acordo com ela, o CCZ recebe cachorros mordedores ou com doenças zoonóticas, como raiva, por exemplo. “Depois de tratados ou se for constatado que não estavam doentes, eles devem ser levados para adoção. Mas isso não tem ocorrido de forma efetiva na cidade. Existem cachorros que estão há mais de quatro anos no local, o que não é correto. O lugar acaba funcionando como um abrigo”, denunciou a presidente da SPASB.

A ONG afirma que alguns dos cães que estão no Centro de Controle de Zoonoses são levados até as feiras de adoções que eles realizam, mas em meio a outros animais, acabam não sendo adotados. A organização questiona também a forma como são divulgadas informações sobre a adoção dos animais, com pouca expressividade nas redes sociais, sendo que parte da população não sabe que pode pegar os cachorros na própria sede do local, de acordo com Maria.
Segundo o grupo, o excesso de animais no CCZ gera outro problema: a falta de espaço não permite que todos eles consigam tomar um banho de sol adequadamente.

“Uma pena a questão do bem estar dos animais de nossa cidade estar sofrendo tanto descaso e qualquer ação ter uma morosidade acima do normal. Quem deveria cuidar com mais atenção não o faz”, opinou Kátia.

Até o fechamento dessa matéria, a Prefeitura de Santa Bárbara não resondeu aos questionamentos do Portal Atualidade. 
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Manifestação na câmara municipal de Santa Bárbara, servidores municipais cobrando sobre o reajuste de 1,69 de aumento no salário.

Publicado por Portal Atualidade em Terça-feira, 29 de maio de 2018