24/03/2018 às 12h17min - Atualizada em 24/03/2018 às 12h17min

Santa Bárbara investe no desenvolvimento infantil

Comunicação | Santa Bárbara d'Oeste
Foto: Divulgação | Comunicação Santa Bárbara d'Oeste
Jhonatan Manochio vai fazer 3 anos. Mora em Santa Bárbara d´Oeste no Condomínio Bosque das Árvores, junto com a mãe, Cristiane Galera Vieira, diarista, de 38 anos e os irmãos Pietro, 5 anos, Raíssa, 10 anos e Sullivan, 12 anos. Sempre muito quieto, era difícil interagir com as pessoas. “Agora ele gosta de conversar, fica contando sobre as cores, é muito inteligente!” disse a mãe, orgulhosa.

Cristiane fez a adesão ao Programa Criança Feliz oferecido pela Prefeitura de Santa Bárbara d´Oeste. E recebe visitas semanais para auxiliar no desenvolvimento do seu filho. “Meus filhos são minha prioridade! Tudo que eu puder fazer por eles, vou fazer! E está sendo muito bom para o Jhonatan!”, concluiu.


Assim como Cristiane, 166 famílias de Santa Bárbara estão sendo atendidas, recebendo uma das visitadoras em casa, semanalmente. A visitadora Carolina Vaccari e a supervisora do Programa, Claudia Maria Santos Costa, levaram nesta semana um brinquedo que parecia uma árvore feita de papel.  Jhonatan fazia uma bolinha de papel crepom colorida, e colocava no cestinho da mesma cor, aprendendo a identificar o azul, vermelho, verde e outras cores. Mesmo errando algumas vezes, foi motivado a insistir, recebendo comemoração quando acertava.

Com isso Jhonatan aprendeu a exercitar a persistência e superação, valores da dimensão sócio afetiva. Com o movimento de pinçar das mãos para pegar a bolinha, trabalhou o desenvolvimento da coordenação motora fina, importante para, por exemplo, segurar talheres para se alimentar e a caneta para escrever na escola. É o desenvolver da autonomia, brincando. No final da visita, a mãe recebeu uma lição de casa: brincar com o prendedor, abrir a “boca do jacaré” para pegar as bolinhas de papel crepom coloridas, aprimorando e fortalecendo o movimento.

O Programa
O Programa Criança Feliz é realizado pela Prefeitura de Santa Bárbara d´Oeste, por meio da Secretaria de Promoção Social, em parceria com o Governo Federal. Voltado à primeira infância e ao desenvolvimento infantil, o objetivo é oferecer às crianças e gestantes beneficiárias dos programas de transferência de renda, uma atenção especial para um futuro melhor. As atividades são desenvolvidas por meio da brincadeira, atuando em dimensões do desenvolvimento infantil e humano – cognitivo, sensorial, sócio afetivo, motor e linguagem.

Recebem atendimento, por meio de adesão voluntária, as crianças de 0 a 3 anos, de famílias beneficiárias do Bolsa Família e as crianças de 0 a 6 anos, portadoras de algum tipo de deficiência, beneficiárias do BPC (Benefício de Prestação Continuada). Já as gestantes recebem orientações sobre cuidados com o bebê e puerpério. As famílias que podem receber o “Criança Feliz” foram indicadas pelo Governo Federal, por meio de seleção pelo grau de vulnerabilidade. A Secretaria de Promoção Social realizou o convite e a apresentação, além de efetuar busca ativa.  As visitas foram iniciadas em janeiro, totalizando 214 famílias.

“O trabalho é de muita qualidade e foi desenhado com capacidade de impactar de forma positiva a realidade das crianças e das famílias. Por meio do programa é realizado o empoderamento da mãe no desenvolvimento dos filhos. Todos os brinquedos são desenvolvidos com materiais recicláveis, encontrados em casa. E as famílias são atendidas na integralidade. Se for identificada alguma necessidade, ela já é encaminhada ao setor responsável”, disse a secretária de Promoção Social, Maria Cristina da Silva.  

A equipe do Programa Criança Feliz é composta por quatro visitadoras, uma supervisora e uma coordenadora. Cada visitadora realiza 30 visitas por semana. E cada família recebe quatro visitas mensais.  A equipe recebeu capacitação do Ministério do Desenvolvimento Social em novembro de 2017, em São Paulo.

O Programa Criança Feliz é intersetorial e faz interface com outras instituições como o Serviço de Assistência Social MEIMEI, Pastoral da Criança, Conselho Tutelar, Conselho da Criança e do Adolescente e secretarias de Saúde e Educação. 

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Manifestação na câmara municipal de Santa Bárbara, servidores municipais cobrando sobre o reajuste de 1,69 de aumento no salário.

Publicado por Portal Atualidade em Terça-feira, 29 de maio de 2018