07/04/2017 às 10h18min - Atualizada em 07/04/2017 às 10h18min

Síria sofre bombardeio dos Estados Unidos

Pelo menos nove civis, entre eles quatro crianças, morreram hoje (7) e outros sete ficaram feridos.

Redação
Internet

Em resposta a um ataque químico que matou mais de 80 pessoas nesta semana, os Estados Unidos lançaram 59 mísseis Tomahawk nesta quinta-feira (06) contra uma base aérea na Síria. Segundo a agência oficial Sana, pelo menos nove civis, entre eles quatro crianças, morreram hoje (7) e outros sete ficaram feridos.
 
As vítimas civis estavam nos povoados de Al Hamrat, Al Shayrat e Al Manzul, situados nos arredores da base área de Shayrat, atacada pelos Estados Unidos. A informação é da agência de notícias EFE.
 
O Exército sírio confirmou que seis militares morreram no ataque, mas o Observatório Sírio de Direitos Humanos elevou o número de vítimas militares a sete, incluindo um comandante.
 
O ataque é a primeira ação direta dos EUA contra o presidente sírio, Bashar AI-Assad. Trata-se de uma mudança significativa na ação americana na região, pois até então os EUA apenas vinham atacando o Estado Islâmico.
 
Os mísseis atingiram a base de Al Shayrat, perto de Homs, por volta das 21h40 (hora de Brasília), 4h40 na hora local da Síria. O porta-voz do Pentágono, Jeff Davis, disse que os mísseis foram lançados dos destróieres USS Porter e USS Ross contra “aeronaves, abrigos de aviões, áreas de armazenamento de combustível, logística e munição, sistema de defesa aérea e radares”.
 
O Observatório Sírio informou que a base síria bombardeada pelos Estados Unidos foi “quase” totalmente destruída.
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Manifestação na câmara municipal de Santa Bárbara, servidores municipais cobrando sobre o reajuste de 1,69 de aumento no salário.

Publicado por Portal Atualidade em Terça-feira, 29 de maio de 2018