25/01/2018 às 12h44min - Atualizada em 25/01/2018 às 12h44min

Pedinte usa máquina de cartão para pedir dinheiro em Americana

Moradores divulgaram imagens dele em dois pontos da cidade; um dos abordados afirmou que o aparelho não funciona

Rodrigo Pereira - rodrigo.pereira@portalatualidade.com.br
Redação
Foto: Divulgação/Portal Atualidade

Um pedinte tem utilizado uma máquina de passar cartão para pedir dinheiro em vias de Americana. O homem foi flagrado por dois moradores, que fizeram imagens dele com o aparelho em publicaram em rede social. Um deles afirmou que o aparelho não funciona. Como o Portal Atualidade revelou na semana passada, a cidade está sem serviço de abordagem social a pedintes, moradores de rua e pessoas em outras situações de vulnerabilidade há quase dois anos.

"Ele veio pra pedir dinheiro. Eu tava com o vidro (do carro) fechado, aí eu falei que eu não tinha. Aí ele tirou a máquina do bolso e mostrou e eu comecei a dar risada. Aí foi a hora que eu fiz snap (imagem para colocar em rede social)", contou uma jovem que pediu para não ser identificada e foi abordada pelo homem no cruzamento da Avenida De Cillo com a Rodovia Luiz de Queiroz (SP-304).

Italo Sorza Andrioli, 26, dono da empresa Sorza Móveis Planejados, relatou que foi abordado em um posto de combustíveis localizado na Avenida Brasil. De acordo com ele, a máquina de passar cartão não funciona, mas o homem relatou que ela “chama a atenção das pessoas e faz ela rirem”. O pedinte não se identificou aos dois moradores. O Portal Atualidade esteve no cruzamento da Avenida De Cillo com a SP-304 e imediações, mas não o localizou.

ABORDAGEM SOCIAL

Na semana passada, o Portal Atualidade fez uma reportagem mostrando que crianças estavam vendendo doces em vias da cidade. Na ocasião, a prefeitura comunicou, por meio de assessoria de imprensa, que abriu chamamento público para a implantação do Serviço de Abordagem Social visando tratar desta situação. O chamamento está em processo de seleção de instituições que executarão as ações, apontou. “No momento não possuímos número de pedintes/vendedores nos semáforos. Este é um problema que será enfrentado quando a implantação do Serviço de Abordagem Social for executada, segundo a Secretaria de Ação Social”, acrescentou. Ainda de acordo com a pasta, a cidade está sem o serviço desde março de 2016.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Manifestação na câmara municipal de Santa Bárbara, servidores municipais cobrando sobre o reajuste de 1,69 de aumento no salário.

Publicado por Portal Atualidade em Terça-feira, 29 de maio de 2018