26/12/2017 às 14h38min - Atualizada em 26/12/2017 às 14h38min

Como viajar com o pet sem estresse?

Confira dicas para aproveitar as férias do final de ano garantindo o bem-estar e conforto dos cães

Tantas Comunicação
Foto: Divulgação

O final de ano é marcado pelas viagens em família, porém muitos tutores ficam em dúvida sobre qual a melhor forma de preparar os pets para o passeio.

Pesquisas indicam que mais de 10% dos cães apresentam desconforto durante longos trajetos de carro. Entre as reações mais comuns estão sintomas como respiração ofegante, salivação excessiva, tremores e vômitos

Ações como manter o animal em local ventilado e fazer pequenas pausas durante o trajeto podem ajudar a minimizar esses incômodos. No dia da viagem, o indicado é fornecer uma alimentação leve e não restringir a água. “As paradas para as necessidades fisiológicas e pequenas caminhadas devem acontecer de duas em duas horas”, explica a Médica-veterinária e Gerente de Produtos da Unidade Pets da Ceva Saúde Animal, Priscila Brabec

Outra dica importante é nunca deixar o pet sozinho no carro. “O calor e ambientes quentes ou situações de estresse podem aumentar a temperatura do corporal do cão”, conta Priscila.

Acostumar o animal com o carro alguns dias antes da viagem pode fazer toda a diferença e ajudar no controle da ansiedade, agitação e medo. “O ideal é que o tutor leve o cão para passeios de curta distância, assim ele irá se acostumar com o veículo e ficará menos receoso no dia da viagem. Durante o treinamento e transportes, indicamos o uso do ADAPTIL™, um análogo sintético do odor materno canino, que auxilia na adaptação dos cães em situações​ adversa​s do dia a dia, trazendo a sensação de segurança, conforto  e bem-estar no ambiente”, afirma Priscila.

Com tecnologia patenteada, a Ceva Saúde Animal desenvolveu o ADAPTIL™ para auxiliar na adaptação dos cães em situações adversas do dia a dia. O proprietário pode borrifar o ADAPTILSpray de 60 ml na caixa de transporte e no veículo. Alguns minutos após a aplicação, o tutor pode começar o treinamento colocando o cão sentado no veículo enquanto ele está desligado. Na sequência, o ideal é recompensar e brincar com o animal para que o carro seja associado a coisas boas. O passo seguinte é incentivá-lo a entrar no carro com o motor em funcionamento, usando novamente recompensas na forma de brinquedos, elogios e petiscos”, explica.

As sessões de treino devem ser curtas para permitir que o animal se sinta à vontade e se acostume com o ambiente. “O treinamento somado ao uso do ADAPTIL irá permitir que a viagem se torne confortável para o pet e para todos os membros da família”, finaliza Priscila.

Sobre a Ceva Saúde Animal

A Ceva Saúde Animal é atualmente a 6ª maior empresa de saúde animal do mundo, presente em mais de 110 países tem sua atuação focada na pesquisa, desenvolvimento, produção e comercialização de produtos farmacêuticos e biológicos para animais de companhia, e produção (bovinos, suínos, equídeos e aves). Mais informações disponíveis no site: www.ceva.com.br


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Manifestação na câmara municipal de Santa Bárbara, servidores municipais cobrando sobre o reajuste de 1,69 de aumento no salário.

Publicado por Portal Atualidade em Terça-feira, 29 de maio de 2018