06/12/2017 às 17h23min - Atualizada em 06/12/2017 às 17h23min

PMs realizam parto e salvam bebê engasgado em menos de 5h, em Santa Bárbara

Cristiane Caldeira
Redação
Cabo Versano com a bebê Gabriela. Foto: Polícia Militar
Os policiais militares César Versano e Tiago Vinicius Alves Rodrigues marcaram a história de duas famílias barbarenses entre a noite de ontem (05) e a madrugada de hoje (06). Durante o turno de trabalho, esses policiais ajudaram no parto de um bebê e salvaram a vida de outro, de apenas dois dias de vida, vítima de engasgamento.
 
De acordo com as informações divulgadas pelo major Rogério Nascimento Takiuchi, subcomandante do 19º Batalhão da Polícia Militar, por volta das 23h40 de ontem, o cabo Versano e o soldado Rodrigues foram acionados via rádio a comparecer na Rua Ana Nery, no Parque Frezzarin, onde uma mulher estava em trabalho de parto. No local, depararam-se com a gestante já em fase expulsiva, com a cabeça da criança desprendida. 
 
Os policiais pegaram o recém-nascido, retiraram o cordão umbilical que estava enrolado no pescoço do bebê e, na sequência, fizeram a desobstrução das vias aéreas, até que a pequena Ester apresentasse choro vigoroso. Depois de enrolada em um lençol seco, ela foi colocada no colo da mãe.

Menos de cinco horas depois, às 4h10, ambos os policiais foram acionados até a Rua Benjamin Fornasin, no Parque Planalto, onde a pequena Gabriela, de apenas dois dias de vida, estava engasgada. Ao chegarem à residência encontram a criança desacordada, com respiração irregular, e realizaram a manobra de ressuscitação, conhecida como Manobra de Heimlich, fazendo com que a bebê voltasse a respirar.
 
Com 20 anos na PM, o cabo Versano, que tem 47 anos de idade é pai de três filhos e avô de uma neta, atendeu estes dois tipos de ocorrência pela primeira vez em sua carreira. E não escondeu a surpresa ao realizá-los em horários tão próximos. "Tenha certeza: foi algo muito gratificante", comentou.
 
Versano disse que os policiais militares são preparados para este tipo de atendimento no curso de formação e através de vídeos de treinamento. No caso do parto, ele explicou que mãe e filha foram levadas à Santa Casa de Misericórdia de Santa Bárbara depois que o resgate chegou e cortou o cortão umbilical do bebê. Já Gabriela não precisou de atendimento médico.
 
Junto com o parceiro de trabalho, Versano pretende voltar para visitar as crianças que ajudaram a salvar. "É muito gratificante prestar serviço à população, estar próximo dos cidadãos e mostrar a eles que estamos aqui para servi-los e protegê-los, sob a proteção de Deus", declarou.
 
"Nós, policiais militares, sob a proteção de Deus, estamos compromissados com a defesa da vida, da integridade física e da dignidade da pessoa humana", manifestou-se a corporação, parabenizando a atuação dos policiais.
 
O Portal Atualidade não conseguiu contato com os pais das crianças, cujas identidades não foram divulgadas.

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Manifestação na câmara municipal de Santa Bárbara, servidores municipais cobrando sobre o reajuste de 1,69 de aumento no salário.

Publicado por Portal Atualidade em Terça-feira, 29 de maio de 2018