18/10/2017 às 18h59min - Atualizada em 18/10/2017 às 18h59min

Cães comunitários são devolvidos aos moradores da Praça Central

Cristiane Caldeira
Redação
Foto: Divulgação
Final feliz para os cães comunitários Sheik e Negão, apreendidos no último dia 10 de outubro pelo CCZ (Centro de Controle de Zoonoses), na Praça Central de Santa Bárbara d'Oeste, após confusão com moradores de rua que habitam aquele local. Hoje eles fora retirados do canil pela Spasb-SOS Animais (Sociedade Protetora dos Animais de Santa Bárbara d'Oeste), castrados e devolvidos aos donos.

Katia Ferrari, voluntária da Spasb, contou que os cães são idosos, dóceis e convivem há mais de oito anos com os moradores da praça. No dia da confusão, que envolveu assistentes sociais e autoridades, houve a denúncia de que um dos cães teria atacado uma pessoa e, consequentemente, a ordem para que eles fossem recolhidos.

Na ocasião, a Prefeitura de Santa Bárbara d'Oeste informou que os cães foram recolhidos por estarem em situação de vulnerabilidade social e que o CCZ tomaria todas as providências quanto aos procedimentos de castração, vermifugação, vacinação e que posteriormente estariam disponíveis para adoção responsável.

Após o recesso do feriado de 12 de outubro, hoje os cães foram microchipados em nome da voluntária Katia e liberados. Em seguida foram levados à clínica
Central Vet, castrados voluntariamente pela veterinária Mariana Agnese Bortolazzo, e devolvidos aos moradores da praça, já que são bem tratados pelos donos e pertencem à categoria de cães comunitários.

"Acreditamos que o que houve foi apenas um mal entendido e que isso não voltará a acontecer. Foi o fim da angústia", comemora Katia.

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Manifestação na câmara municipal de Santa Bárbara, servidores municipais cobrando sobre o reajuste de 1,69 de aumento no salário.

Publicado por Portal Atualidade em Terça-feira, 29 de maio de 2018