28/09/2017 às 13h31min - Atualizada em 28/09/2017 às 13h31min

​Estado de São Paulo registra 1.573 casos de agressão sexual contra crianças

Fernanda Nastrini
Redação
Ilustração/Internet
Somente no primeiros semestre de 2017, o Estado de São Paulo registrou 1.573 casos de violência sexual infantil. O levantamento foi feito com base das denúncias através do Disque 100, serviço vinculado ao Programa Nacional de Enfrentamento da Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes.

Segundo o juiz da Vara da Infância e Juventude Marcelo Salmaso, na maioria dos casos as vítimas são abusadas pelos pais, padrastos ou amigos da família. Por isto é necessário ficar atento ao comportamento da criança ou adolescente.

De acordo com a Secretaria Estadual de Desenvolvimento Social, os dados mostram que 69%dos casos são de agressões contra meninas, sendo que, 40% deles ocorreram dentro da casa da vítima. Outros 30%aconteceram na casa do suspeito de cometer o abuso.

Para o secretário de Desenvolvimento Social do Estado de São Paulo, Floriano Pesaro, a violência sexual infantil ainda é cercada por muito medo e omissão. Ele lembra que os Centros de Referência Especializados, os CREAS, oferecem orientação e acompanhamento para as vítimas e seus familiares.

DISQUE 100

O Disque 100 ou Disque Direitos Humanos é um serviço de denúncias e proteção contra violações de direitos humanos 24 horas, que funciona todos os dias da semana.

O Disque 100 conta uma ferramenta de busca ativa para os casos mais graves.

Para que seja acionada, o caso deve atender alguns requisitos:

  • denúncia da própria vítima,
  • risco de morte,
  • marca de violência que possa gerar flagrante,
  • cárcere privado,
  • tráfico de pessoas,
  • rede de exploração sexual ou denúncias que são demandantes, ou seja, em que a pessoa que denuncia procura insistentemente a ajuda do órgão.

Na busca ativa, o acionamento dos órgãos de proteção e do sistema de garantia de direitos é feito em caráter emergencial para a remoção urgente da vítima.


 
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Manifestação na câmara municipal de Santa Bárbara, servidores municipais cobrando sobre o reajuste de 1,69 de aumento no salário.

Publicado por Portal Atualidade em Terça-feira, 29 de maio de 2018