14/09/2017 às 14h55min - Atualizada em 14/09/2017 às 14h55min

​Saúde Bucal é tema de palestra na Casa de Maria nesta quinta-feira

Fernanda Nastrini
Redação
Ilustração/Internet
A Casa de Maria em parceria com o NES (Núcleo de Educação em Saúde) promove nesta quinta-feira (14) uma palestra voltada a Saúde Bucal, que será ministrada pelo especialista em prótese e saúde coletiva e responsável técnico do NES, Dr. José Luis Andia.

O tema abordado será Câncer Bucal, que atinge por ano cerca 15 mil brasileiros, número que deixa o Brasil em terceiro lugar no Ranking. O índice de mortalidade anual chega próximo de 4 mil. A palestra terá início às 19h.

De acordo com a assistente social da Casa de Maria, Isabel Cristina Giovanelle de Oliveira a parceria atende a um pedido do padre Agnaldo, diante do aumento no números de casos da doença.

O padre sempre nos pede para que nossa associação busque parcerias em prol da comunidade para melhorar a qualidade de vida, promover cidadania e fortalecer vínculos”, destaca Isabel, explicando ainda que no mês de abril deste ano já foi realizado trabalho semelhante, com agendamento de 100 pessoas para passarem por avaliação com os profissionais do Núcleo e desse total, 35 foram encaminhados para tratamento. 

No próximo dia 26 de setembro, 22 inscritos vão passar por avaliação. As pessoas interessadas em fazer uma avaliação sobre o câncer de boca deve deixar o nome da secretária da Casa de Maria, na Rua Mococa, nº 510 – Planalto do Sol. O telefone para contato é o 3629 1527.

O câncer bucal afeta lábios e o interior da cavidade oral. Dentro da boca devem ser observados gengivas, mucosa jugal (bochechas) palato duro (céu da boca) e língua (principalmente as bordas), assoalho (região embaixo da língua). O câncer do lábio é mais comum em pessoas brancas e ocorre mais frequentemente no lábio inferior.

Segundo dados da Secretaria Municipal de Saúde, de janeiro a setembro deste ano, já foram registrados 28 casos de câncer bucal. No mesmo período, aproximadamente 200 pacientes procuraram o Centro de Especialidades Odontológicas (CEO) para investigação de alguma alteração da mucosa bucal.

De acordo com o especialista Dr. José Luis, na maioria dos casos a doença ocorre em pessoas que fumam e consomem bebidas alcoólicas em excesso. “Quando fumo e álcool estão associados, o risco de desenvolver a doença aumenta mais de 100 vezes.

No caso de câncer de lábios, a exposição ao sol é o principal fator, seguido do fumo, explica Dr. José alertando ainda que outros fatores como a má higiene oral, dieta pobre em legumes e verduras e fatores genéticos também estão relacionados ao câncer de boca.

A maior incidência da doença ocorre em principalmente em homens com mais de 50 anos. O câncer de boca aparece geralmente como uma úlcera (ferida na boca) que no início não dói e não cicatriza, crescendo continuamente. Neste caso, se não desaparecer em 21 dias deve ser avaliada pelo cirurgião-dentista. Ainda pode apresentar alteração de cor (manchas brancas, vermelhas e/ou pretas) e aumentando de volume (“caroços”, “carnes crescidas”, “bolinhas”).

A prevenção contra a doença deve ser feita com consultas ao especialista e adotar o hábito para o autoexame da boca, ou seja, examina-la com frequência em frente ao espelho. Em caso de suspeita a recomendação é procurar a Unidade de Saúde (UBS) mais próxima de sua casa e, consultar um médico ou dentista. O diagnóstico é feito através de biópsia (remoção de um pequeno pedaço para exame) para confirmação, ou não, câncer.

Como realizar o auto exame:

Comece o autoexame em um local bem iluminado, observando na frente de um espelho, toda a pele do rosto, do pescoço e lábios. Veja se encontra alguma mancha, caroço ou ferida que não tenha sarado em 15 (quinze) dias. Aperte suavemente os dois lados do pescoço a procura de caroços.

Caso encontre, verifique se há apenas em um dos lados, se é duro, indolor e está fixo (não se mexe) no local. Na presença de caroços deste tipo, procure rapidamente uma unidade de saúde mais próxima, e comunique ao dentista.

Tire dentaduras ou pontes móveis, puxe os lábios com os dedos e observe por dentro e por fora. O seu aspecto normal é liso e vermelho, sem machas, feridas ou irritações. Examine os dois lábios (superior e inferior).

Ainda com a boca aberta, observe o lado de dentro das bochechas, e as gengivas dos dois lados. Também devem estar livre de feridas, manchas ou irritações.

Incline um pouco a cabeça para trás, sempre olhando para o espelho, abra um pouco mais a boca, coloque a língua para fora, observe o céu da boca e, mais atrás, a entrada da garganta.

Ponha a língua para fora, observe em cima, em baixo. Com uma gaze ou pano puxe a língua para os lados a procura de manchas brancas, feridas ou se há dificuldade de movimentações. Observe ainda, se a boca está muito seca ou se tem sangue na saliva.

Além do autoexame, o ideal é evitar qualquer tipo de fumo e bebidas alcoólicas, não ficar exposto ao sol, sem proteção solar, evitar qualquer tipo de prótese mal adaptada, além de dentes e gengivas em mau estado de conservação. Mantenha em dia a higiene da boca com escovação, fio dental e enxaguante bucal sem álcool.


O câncer pode ser curado na maioria dos casos, se o tratamento foi iniciado logo no começo do aparecimento da doença. No Brasil, metade dos tumores, são descobertos tardiamente. O tratamento é feito por meio de cirurgia, junto ou não a radioterapia e quimioterapia.

A palestra sobre Câncer Bucal acontece hoje (14), às 19hs na Casa de Maria, pouco antes da novena, que hoje vai contar também com a Exaltação da Santa Cruz. O endereço é Rua Mococa, nº 510 – Planalto do Sol. O telefone para contato é o 3629 1527.

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Manifestação na câmara municipal de Santa Bárbara, servidores municipais cobrando sobre o reajuste de 1,69 de aumento no salário.

Publicado por Portal Atualidade em Terça-feira, 29 de maio de 2018