07/07/2020 às 22h32min - Atualizada em 07/07/2020 às 22h32min

Prefeitura de Americana esclarece sobre problema em respiradores

Prefeitura de Americana
Divulgação
A Prefeitura Municipal de Americana, por meio da Secretaria de Saúde, enviou uma nota à imprensa nesta terça-feira (7) para esclarecer que no lote de cinco respiradores enviados recentemente pelo governo estadual, dois aparelhos apresentaram problemas operacionais sobre a leitura de dados. De acordo com a nota enviada, o defeito foi percebido logo que os equipamentos foram colocados em funcionamento para teste, no que a direção do Hospital Municipal “Dr. Waldemar Tebaldi” (HM) prontamente oficiou à Secretaria Estadual da Saúde, sendo informada por este órgão de que uma equipe de manutenção virá ao município na quarta-feira (8/7), para solucionar o problema, inclusive pediu para que mantivesse ambos os respiradores ligados diuturnamente, a fim de realizar medições dos parâmetros, que irão servir de referência para o conserto. 
 


"Apesar da ajuda estadual oferecida para o enfrentamento da Covid-19, felizmente até o momento nenhum dos cinco aparelhos precisou ser utilizado, uma vez que os pacientes que até agora foram intubados, tiveram à disposição os 10 respiradores já instalados na ala semi-intensiva. Portanto, em nenhum momento esse problema causou prejuízo na assistência aos pacientes. Quanto à possibilidade de retirada e remanejamento dos cinco aparelhos pelo governo estadual, devido ao regime de comodato, vale ressaltar que isso é praxe na Saúde Pública, medida pela qual é possível um município auxiliar outro em momentos de crise, como esse que estamos atualmente atravessando. Ou seja, todos os respiradores destinados aos municípios deverão seguir a lógica da regulação, observando sempre a demanda e a oferta dos serviços, visando garantir assistência em saúde a toda população do território paulista. 
Reafirmamos que no momento há suporte de leitos e respiradores em quantidade suficiente, considerando a dinâmica da transmissão do novo coronavírus no município, assim como a incidência de casos graves e a taxa de ocupação desses leitos, que é acompanhada diariamente pela atual gestão, sendo que no transcorrer das últimas semanas não tem atingido a totalidade das vagas", informou a nota.

Notícias Relacionadas »
Comentários »

Manifestação na câmara municipal de Santa Bárbara, servidores municipais cobrando sobre o reajuste de 1,69 de aumento no salário.

Publicado por Portal Atualidade em Terça-feira, 29 de maio de 2018