17/12/2019 às 10h14min - Atualizada em 17/12/2019 às 10h14min

Brechós são opção para economizar nas festas de final de ano

Divulgação

Dezembro é o mês mais movimentado do mercado nacional e simboliza um respiro lucrativo para os vendedores. Segundo dados divulgados pela Associação Brasileira de Lojistas de Shopping (Alshop), as vendas natalinas avançaram 5,5% em 2018 em comparação ao ano anterior, e a tendência é que o crescimento seja ainda maior em 2019. De acordo com a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), a estimativa de arrecadação deste ano é de R$ 35,9 bilhões, a maior desde 2013.
 


No entanto, em decorrência da crise econômica que atinge o Brasil desde meados de 2014, muitos brasileiros ainda buscam meios de economizar em todos os segmentos, desde lazer a itens do dia a dia. Além de diminuir as idas aos cinemas e shoppings e restaurantes, a pesquisa por roupas, tanto para passar a noite de natal e o ano novo, quanto para presentear começou mais cedo esse ano, o objetivo é conseguir um produto de qualidade pelo melhor valor.

Alternativa Sustentável
Uma das alternativas oferecidas pelo mercado são os brechós. Além de contribuir com o consumo responsável, os estabelecimentos, famosos por venderem peças de roupas usadas em bom estado, têm se tornado cada vez mais populares entre as pessoas, e aparecem como solução para quem quer gastar pouco no final de ano.  Em Campinas, o BreXó e Outlet Ana Duleh traz roupas e acessórios de marcas com valores abaixo do mercado.

“Além de gerar economia e, com isso, fazer a economia girar, mesmo em tempos de crise, nosso maior objetivo é promover ações que conscientizem as pessoas, principalmente as mulheres, sobre os grandes impactos do consumo desenfreado”, diz Ana Duleh.

“As roupas não precisam ser desperdiçadas. O que um não usou, pode ser muito útil para outra pessoa. A gente só precisa saber aproveitar”, completa.

Além de ser uma alternativa de economia, os brechós também são uma oportunidade para juntar um dinheirinho extra no fim do ano. No BreXó e Outlet Ana Duleh, por exemplo, mediante a horário agendado, mulheres podem deixar suas roupas para venda em consignação. Todas as peças passam por uma minuciosa curadoria, onde serão definidos se as peças estão em bom estado para serem vendidas e qual o valor da peça.  


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Manifestação na câmara municipal de Santa Bárbara, servidores municipais cobrando sobre o reajuste de 1,69 de aumento no salário.

Publicado por Portal Atualidade em Terça-feira, 29 de maio de 2018