08/08/2019 às 11h10min - Atualizada em 08/08/2019 às 11h10min

Filha e genro são julgados por morte de industriário em S.Bárbara

Crime ocorreu em junho de 2012 e o corpo foi enterrado em pasto em Nova Odessa

Beto Silva
Walter Duarte/Portal Atualidade
O juri dos acusados de matar o industriário Claudionor Batista, em junho de 2012, ocorre nesta quinta-feira (8) no Fórum de /santa Bárnbara d'Oeste.

No banco dos réus estão Fábio Fernandes Costa e Naftali Lima Batista, genro e filha da vítima. Eles são acusados do assassinato  de Batista, na época com 57 anos, no dia 18 de junho de 2012.  

Consta no processo que Fábio junto com mais duas pessoas desconhecidas, sequestraram o industriário no Jardim Santa Rita de Cássia e o mantiveram em cárcere durante seis horas.  No mesmo dia,  o genro o matou.  Naftali e mais uma pessoa, não identificada teriam participado do crime.  Após matarem Batista, o trio ocultou o corpo em um sítio em Nova Odessa, enterrando-o num pasto.
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Manifestação na câmara municipal de Santa Bárbara, servidores municipais cobrando sobre o reajuste de 1,69 de aumento no salário.

Publicado por Portal Atualidade em Terça-feira, 29 de maio de 2018