09/05/2019 às 16h14min - Atualizada em 09/05/2019 às 16h14min

Projeto Escola sem Partido é rejeitado pela Câmara de Americana

Propositura foi rejeitada por 14 vereadores; apenas três votaram favoráveis e um se absteve

Redação
Divulgação

O projeto "Escola sem Partido", de autoria do vereador tucano Marschelo Meche foi rejeitado por 14 votos contrários e apenas três favoráveis durante a sessão da Câmara desta quinta-feira(9).  Uma audiência pública sobre o assunto havia sido realizada em 10 de abril. O projeto previa a implantação da Política Municipal de Pluralidade e Liberdade no Trabalho Pedagógico na rede municipal de ensino de Americana. O que chamou a atenção na sessão desta quinta (9), foi que o autor do projeto acabou se confundindo e votou contrário ao pedido de adiamento proposto pelo vereador Pedro Peol (PV). 

Meche chegou a defender o projeto alegando que se tratava de uma versáo mais simples do Escola Sem Partido, mas seus argumentos não foram capazes de modificar a opinião dos outros parlamentares. Além dele, somente os outros dois vereadores tucanos Thiago Brochi e Rafael Macris votaram favoráveis. O vereador Vagner Malheiros (PDT) se absteve de votar. Houve protestos de pessoas ligadas ao PSOL contra a iniciativa. 

 


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Manifestação na câmara municipal de Santa Bárbara, servidores municipais cobrando sobre o reajuste de 1,69 de aumento no salário.

Publicado por Portal Atualidade em Terça-feira, 29 de maio de 2018