30/04/2019 às 19h50min - Atualizada em 30/04/2019 às 19h50min

Omar anuncia gratuidade de 30 minutos na Área Azul

Novo cartão permitirá que usuários tenham 15 minutos grátis de manhã e outros 15 minutos à tarde; Divirgências no sistema levou à saída de secretário

ANDRE LUIS CIA
Prefeitura de Americana
Usuários da Área Azul de Americana poderão utilizar um cartão que permitirá 30 minutos diários de gratuidade, sendo 15 minutos na parte da manhã e outros 15 no período da tarde. A novidade foi anunciada pelo prefeito Omar Najar (MDB), na tarde desta terça-feira (30). Desde que foi implantado no município em fevereiro deste ano, o novo sistema de cobrança tem causado polêmica, principalmente por parte de comerciantes que viram os consumidores desaparecerem da área central. Aliado a isso, a população também fez duras críticas quanto à complicação de manusear o novo sistema eletrônico. Divirgências quanto ao sistema levaram à exoneração nesta tarde do secretário adjunto de Desenvolvimento Econômico de Americana, Guilherme Tiosso (ver abaixo). 
O cartão deverá ser cadastrado na Estapar (Hora Park Sistema de Estacionamento Rotativo Ltda.), na Rua Rui Barbosa, 509, empresa responsável pelo sistema na cidade. O cadastro poderá ser feito a partir desta segunda-feira (6), mas no período inicial de cadastramento não haverá aplicação de multa nos 20 primeiros minutos. Com o novo cartão, o motorista deve ir até um terminal de estacionamento e registrar que fará uso dos 15 minutos, tendo assim direito à gratuidade.
 Najar destacou que os idosos poderão utilizar o cartão de 30 minutos de gratuidade em qualquer vaga, não necessariamente nas reservadas. No caso das pessoas com deficiência física, para que não haja a necessidade de ir até um terminal, será necessário apenas que cadastre as placas dos veículos. “A gente sabe das dificuldades e estamos conversando com a Associação Comercial para tentarmos uma solução para cada questão apresentada desde a implantação do novo sistema na cidade. Estamos fazendo tudo para ter melhorias para a população e os ajustes que são necessários”, justificou Najar.
Diante da repercussão negativa desde sua implantação, após um mês de funcionamento, a primeira mudança aplicada pela Prefeitura foi a ampliação do tempo máximo de permanência em cada setor passando de duas horas para quatro horas.
O secretário da Unidade de Transportes e Sistema Viário (Utransv) e autoridade municipal de trânsito, Eraldo Camargo,  ressaltou a importância das mudanças para o funcionamento do sistema rotativo para a cidade e para os usuários. Já o diretor da Estapar, Adélcio Antonini, explicou que o uso do cartão é o único meio do terminal identificar a forma do estacionamento gratuito.

MOTIVAÇÃO- Paralelo ao anúncio das mudanças na Área Azul, a Prefeitura também informou a exoneração nesta tarde do dia 30,  do secretário adjunto de Desenvolvimento Econômico de Americana, Guilherme Tiosso. Em uma rede social, Tiosso ressaltou que pediu a saída do cargo ao prefeito Omar Najar por não estar de acordo com os métodos administrativos aplicados por ele enquanto chefe do executivo.
Um dos motivos apontados pelo agora ex-secretário foi exatamente o sistema de cobrança no município. “Fui assediado moralmente e perseguido politicamente, tendo os meus direitos de manifestação intelectual cerceados, em minhas próprias redes sociais, ao me posicionar em defesa do município, comércio e população sobre a atual situação da área azul de nossa cidade. A implantação da maneira que foi executada, vem prejudicando a arrecadação, o faturamento dos empresários e consequentemente colocando em risco o emprego dos munícipes”.
Tiosso finalizou ainda a nota dizendo que não aceitava essa situação e entendia que o seu 

Notícias Relacionadas »
Comentários »

Manifestação na câmara municipal de Santa Bárbara, servidores municipais cobrando sobre o reajuste de 1,69 de aumento no salário.

Publicado por Portal Atualidade em Terça-feira, 29 de maio de 2018