28/04/2019 às 16h44min - Atualizada em 28/04/2019 às 16h44min

Movimentos sociais protestam contra o uso da Bandeira Confederada durante festa

A Festa Confederada é um dos maiores eventos culturais de Santa Bárbara d’Oeste; manifestantes querem o fim do hasteamento da bandeira na festividade

Da Redação
A Unegro (União dos Negros e Negras Pela Igualdade) de Americana e Santa Bárbara d’Oeste e outros movimentos culturais protestaram na manhã deste domingo (28) em frente ao Cemitério dos Americanos, local onde foi realizada a Festa Confederada. 

Segundo os organizadores, aproximadamente trinta manifestantes estiveram presentes e pediam o fim do uso da Bandeira Confederada na festividade. O símbolo retrata uma forte lembrança da escravidão.

De acordo com um dos participantes do Unegro, Pedro Monteiro da Rocha Ramos, o grupo não é contra a festa, mas sim contrário ao hasteamento da bandeira.“A bandeira tem um significado forte, pesado de racismo. Não temos nada contra a festa, e sim com bandeira confederada, é o que nos incomoda”, relata Ramos.

A festa: Realizada desde de 1986, a Festa Confederada foi organizada para manter viva a memória dos ancestrais, que tinham no Cemitério do Campo o seu ponto de encontro mensal. 

É contado que eles se reuniam um domingo por mês na capela do cemitério para ouvir o evangelho, depois pagar referências para os que já haviam partido para a pátria celestial e confraternizar com os outros imigrantes.

A Festa Confederada é um dos maiores eventos culturais de Santa Bárbara d’Oeste, sendo o único evento do município incluído no calendário oficial do Estado de São Paulo. Visa o congraçamento dos descendentes, seus familiares e amigos, e também a angariação de fundos para a preservação do Cemitério e suas dependências.
 
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Manifestação na câmara municipal de Santa Bárbara, servidores municipais cobrando sobre o reajuste de 1,69 de aumento no salário.

Publicado por Portal Atualidade em Terça-feira, 29 de maio de 2018