28/04/2019 às 13h04min - Atualizada em 28/04/2019 às 13h04min

Neymar dá soco em torcedor após vice do Paris Saint-Germain na Copa da França

Neymar parou diante de um homem que gravava um vídeo pelo celular e começou a discutir com ele. O brasileiro, então, atingiu o torcedor com o soco leve no rosto e se afastou dele para continuar o caminho

Agência Estado
O atacante Neymar, do Paris Saint-Germain, se envolveu em uma confusão neste sábado depois da derrota da equipe nos pênaltis na final da Copa do França, diante do Rennes. Enquanto o jogador subia as escadas rumo à tribuna do Stade de France para participar da premiação pelo vice-campeonato, se desentendeu com um torcedor e deu um soco no rosto dele.

Imagens publicadas no Twitter mostram detalhes do incidente. Neymar estava na fila de jogadores do PSG a caminho da cerimônia. O time subia escadas posicionadas no meio dos assentos dos torcedores para chegar até a tribuna de honra, onde estava o presidente da França, Emmanuel Macron, que foi ao estádio acompanhar a partida e entregar os prêmios.

Durante o trajeto, Neymar parou diante de um homem que gravava um vídeo pelo celular e começou a discutir com ele. O brasileiro, então, atingiu o torcedor com o soco leve no rosto e se afastou dele para continuar o caminho. Apesar da agressão, a vítima nada sofreu e logo depois do incidente, continuou de pé e conversando com outras pessoas ao redor.

A final da Copa da França foi o primeiro jogo de Neymar como titular depois da lesão no pé direito sofrida em janeiro. O atacante marcou um gol e deu uma assistência no empate por 2 a 2 no tempo normal. Nos pênaltis, ele também converteu a sua cobrança, mas o Rennes fez 6 a 5 e conquistou o título da competição.

O outro lado: Horas após o incidente, o camisa 10 do PSG foi às redes sociais para dar a sua versão dos fatos. Ele comentou a postagem de um dos seus assessores de imprensa, que alegava que os jogadores do PSG haviam sido xingados pelo torcedor, e afirmou que foi provocado e reagiu exageradamente, admitindo o erro. "Tô errado? Estou. Mas não tenho sangue de barata", afirmou.

Um vídeo da agressão flagra o torcedor, identificado como Edouard, chamando o goleiro Buffon de "idiota" (Bouffon, em francês), o italiano Verratti de "racista" e dizendo ao brasileiro que ele "aprenda a jogar bola". Ele, no entanto, negou ter xingado os jogadores do PSG na saída do estádio e disse que sofreu um corte nos lábios e um sangramento no nariz com a agressão do brasileiro.

"Eu não o insultei, disse que ele era ruim. O futebol é assim. Quando os jogadores passaram, eu disse a eles: 'Vocês são ruins, vai Rennes", afirmou Edouard, em entrevista ao jornal francês L'Équipe. "Naquela altura, eu estava tremendo, com um corte no lábio, e meu nariz estava sangrando", contou.

Em seus perfis nas redes sociais, Neymar não falou sobre a agressão. Ele comemorou o retorno ao time com uma foto sentado no banco de reservas, lamentando a derrota na final da Copa da França - ele converteu o quinto pênalti do PSG, mas o time perdeu a disputa alternada por 6 a 5.
 

 
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Manifestação na câmara municipal de Santa Bárbara, servidores municipais cobrando sobre o reajuste de 1,69 de aumento no salário.

Publicado por Portal Atualidade em Terça-feira, 29 de maio de 2018