09/05/2017 às 12h58min - Atualizada em 09/05/2017 às 12h58min

Desenvolve SP: Diretor do DAE apresenta projeto para troca da rede de água

Redaçao
Internet

O diretor do DAE (Departamento de Água e Esgoto), Leandro Zanini, esteve reunido com dois executivos da Desenvolve SP – Agência de Desenvolvimento Paulista – nesta segunda-feira (9) para apresentar o projeto de substituição da rede de água de Americana. Além do investimento já previsto para as ações em 2017, a autarquia busca repasses estaduais para ampliar o projeto.
 
A autarquia pleiteia recursos do órgão estadual para a substituição de 54 mil metros de rede, que dará prioridade às regiões apontadas como mais frequentes em casos de vazamento e também as mais antigas.

“Com um plano elaborado, justificamos o projeto por estar apresentando uma economia ambiental - preservando a água tratada - e também permitir a recuperação financeira, uma vez que ações já desenvolvidas pelo DAE serão intensificadas, como a substituição de hidrômetros com idade superior a cinco anos e combate às fraudes e roubos de água”, disse Zanini.
 
O diretor ainda destacou que vias com previsão de recapeamento terão execução de troca prioritária. O planejamento de  2017 prevê investimento de R$ 2,7 milhões. No projeto apresentado nesta segunda a Nadson Xavier Soares e Pedro Bergamin Sakovic – gerente e coordenador da agência - o DAE pleiteia R$ 11,7 milhões, que serão ainda submetidos a análise do órgão.
O diretor do DAE (Departamento de Água e Esgoto), Leandro Zanini, esteve reunido com dois executivos da Desenvolve SP – Agência de Desenvolvimento Paulista – nesta segunda-feira (9) para apresentar o projeto de substituição da rede de água de Americana. Além do investimento já previsto para as ações em 2017, a autarquia busca repasses estaduais para ampliar o projeto.
 
A autarquia pleiteia recursos do órgão estadual para a substituição de 54 mil metros de rede, que dará prioridade às regiões apontadas como mais frequentes em casos de vazamento e também as mais antigas. “Com um plano elaborado, justificamos o projeto por estar apresentando uma economia ambiental - preservando a água tratada - e também permitir a recuperação financeira, uma vez que ações já desenvolvidas pelo DAE serão intensificadas, como a substituição de hidrômetros com idade superior a cinco anos e combate às fraudes e roubos de água”, disse Zanini.

 
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Manifestação na câmara municipal de Santa Bárbara, servidores municipais cobrando sobre o reajuste de 1,69 de aumento no salário.

Publicado por Portal Atualidade em Terça-feira, 29 de maio de 2018