12/04/2019 às 20h47min - Atualizada em 12/04/2019 às 20h47min

Triatleta de Americana tenta índice para Jogos Paraolímpicos de Tóquio 2020

Primeiro desafio será neste domingo (14), numa das etapas do Campeonato Brasileiro de Sprint

ANDRE LUIS CIA
Reprodução/Facebook


O sonho de disputar os Jogos Paraolímpicos de Tóquio, em 2010, impôs um novo desafio ao triatleta americanense Anderson Roberto Duarte: a mudança de categoria. Acostumado a competir na IronMan, para tentar uma vaga no seleto grupo de 30 atletas com o melhor ranking mundial e que serão classificados para Tóquio, Duarte terá que competir na categoria Sprint. E o primeiro desafio acontecerá em Maceió (AL), neste domingo (14), na primeira etapa do Campeonato Brasileiro de Sprint. Duarte tem 39 anos, e é deficiente visual.
Nesta nova categoria, os percursos são totalmente diferentes da anterior. São 750 metros de natação, 20 km de ciclismo e 5 km de corrida. Se não conseguir uma boa colocação no Nordeste, o americanense pode buscá-la na próxima etapa que acontece em 12 de maio, no Rio de Janeiro.  Se obter o índice em alguma das duas etapas, o atleta entrará para equipe brasileira paraolímpica que lutará pelo processo classificatório nos jogos de Tóquio.


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Manifestação na câmara municipal de Santa Bárbara, servidores municipais cobrando sobre o reajuste de 1,69 de aumento no salário.

Publicado por Portal Atualidade em Terça-feira, 29 de maio de 2018