12/04/2019 às 00h11min - Atualizada em 12/04/2019 às 00h11min

Serralheiro é condenado a 21 anos por matar namorada em Santa Bárbara

Crime aconteceu em 2017 e desde então acusado estava preso em Tremembé

DA REDAÇÃO

A Justiça de Santa Bárbara d'Oeste condenou o serralheiro Renan Teixeira Passarin, 27, a 21 anos de prisão pelo assassinato da vendedora Adriana Oliveira Silva, 40, ocorrido em novembro de 2017. O acusado foi condenado por homicídio quadruplamente qualificado. Ele matou a namorada enforcada.

O julgamento de Passarin ocorreu nesta quinta-feira (11) no  Fórum de Santa Bárbara d'Oeste. O juri foi presidido pela juíza Camila Marcela Arcaro e teve a duração de três horas e meia. Após o julgamento, Renan foi  levado ao presídio de Tremembé, onde estava preso desde a época do crime.

O  advogado de defesa do acusado,  Daniel Heleno,  informou que irá recorrer da decisão ao TS-SP (Tribunal de Justiça de São Paulo) com objetivo de reduzir a pena. 

 


O feminicídio ocorreu por volta das 7h30 do dia 25 de novembro de 2017, um sábado, na residência do casal, na Rua Benjamin Fornazin, no Jardim Santa Rosa II.

Após o crime, policiais militares localizaram o acusado sentado na calçada da rua Assis Brasil, no bairro Frezarin. Passarin foi abordado e  confessou ter segurado com força o pescoço de Adriana com a mão direita passando a enforcá-la. A mulher caiu no chão e quando tentava se levantar foi novamente atacada  e morta pelo acusado.

Ele chegou a levá-la até o Hospital São Francisco, em Americana, mas a mulher já chegou morta  A motivação do crime foi por causa de dinheiro, o acusado disse à polícia que Adriana gastava muito com o cartão de crédito.   Na época do crime,  o casal estava junto há cerca de um ano.


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Manifestação na câmara municipal de Santa Bárbara, servidores municipais cobrando sobre o reajuste de 1,69 de aumento no salário.

Publicado por Portal Atualidade em Terça-feira, 29 de maio de 2018