28/03/2019 às 15h04min - Atualizada em 28/03/2019 às 15h04min

Nova Odessa se destaca na geração de empregos

Município tem o melhor 1º bimestre em 6 anos com geração de mais de 500 postos de trabalho

André Luis Cia
Prefeitura de Nova Odessa
A geração de 547 vagas de emprego formal no primeiro bimestre deste ano alçaram Nova Odessa à primeira colocação num ranking de municípios da RMC (Região Metropolitana de Campinas) com menos de 100 mil habitantes que mais geraram empregos formais em fevereiro. Dentre as 20 cidades da RMC, Nova Odessa só perde para Campinas (1931), Indaiatuba (607) e Sumaré (514), que tiveram um saldo mais positivo. Os dados são do CAGED (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), divulgados pelo Ministério da Economia.
Em janeiro, foram gerados 91 empregos (evolução em relação aos quatro meses anteriores). Já em fevereiro, saltou para 462 novos postos de trabalho com carteira assinada (7,5 vezes superior ao mesmo período de 2018), quando foram gerados 62 empregos. O setor de serviços com 290 vagas criadas se destacou neste ranking positivo, seguido pela indústria de transformação com 74 vagas.


No Brasil, segundo o Caged, foram criados 173.139 empregos com carteira assinada em fevereiro deste ano- melhor desempenho desde 2014, quando foram criadas 260.823 vagas formais-. No mês, foram 1.453 milão de admissões e 1.280 milhão de demissões.
Segundo o secretário de Obras e Planejamento Urbano, Elvis Garcia, que ocupa interinamente a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, as novas vagas são reflexo do trabalho que vem sendo realizado na atração de novas empresas para o município aliado ao empreendedorismo. “Nosso setor de serviços é muito forte. Além disso, temos trabalhado para facilitar a instalação de novas empresas e oferecer a estrutura necessária para o crescimento e geração de mais empregos”, destacou Garcia.






 
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Manifestação na câmara municipal de Santa Bárbara, servidores municipais cobrando sobre o reajuste de 1,69 de aumento no salário.

Publicado por Portal Atualidade em Terça-feira, 29 de maio de 2018