13/03/2019 às 14h15min - Atualizada em 13/03/2019 às 14h15min

Detentos tentam iniciar uma rebelião no CDP de Americana

Presos queimaram colchões e ameaçaram funcionários. Motivo seria a superlotação do local

Luis Capucci - redacao@portalatualidade.com.br
Foto: Reprodução
Os detentos que estão no Centro de Detenção Provisória (CDP) de Americana tentaram iniciar uma rebelião na tarde de hoje (13). Eles queimaram colchões e roupas e também danificaram as grades das celas. O motivo seria a superlotação do local.

De acordo com o Sindicato dos Agentes de Escolta e Vigilância Penitenciária em São Paulo (Sindespe), um grupo de intervenção foi mandado para a unidade e a situação foi controlada. Funcionários chegaram a ser ameaçados pelos detentos.

Atualmente, 1,3 mil pessoas estão presas no CDP de Americana, sendo que o local tem 640 vagas. No mês passado, uma liminar da Defensoria Pública de São Paulo determinou uma transferência de detentos para que o problema da superlotação seja amenizado.
 
 
 
 

Notícias Relacionadas »
Comentários »

Manifestação na câmara municipal de Santa Bárbara, servidores municipais cobrando sobre o reajuste de 1,69 de aumento no salário.

Publicado por Portal Atualidade em Terça-feira, 29 de maio de 2018