28/02/2019 às 16h12min - Atualizada em 28/02/2019 às 16h12min

Projeto de lei que proíbe fogos de artifício com barulho é rejeitado na Câmara de Americana

Por 10 votos a 9

Luis Capucci - redacao@portalatualidade.com.br
Foto: Divulgação
O projeto de lei de autoria dos vereadores Gualter Amado (PRB) e Maria Giovana Fortunato (PC do B) que propõe a proibição do uso de fogos de artifício que produzam barulho em Americana foi rejeitado por 10 votos a 9 na sessão de hoje (28) na Câmara da cidade. Uma audiência pública sobre esse tema ocorreu ontem (27) no mesmo local.

“Isso afeta a dignidade humana. Em nome de quê? De uma bobeira ultrapassada. Em nome de uma besteira sem fim. De você comemorar ultrapassando a linha de respeito ao próximo.”, declarou a vereadora Maria Giovana enquanto defendia o projeto.

“Eu odeio barulho de rojão, mas o que nós vamos fazer aqui hoje é dar o tiro no cachorro para matar o carrapato. A vereadora Maria Giovana já deixou claro para a gente. A Lei do Silêncio já fiscaliza isso aí e você não penaliza nenhum comerciante que trabalha na área”, afirmou o vereador Pedro Peol (PV), enquanto se posicionava contrário ao projeto de lei.

Votaram contra o projeto os parlamentares Alfredo Ondas (MDB), Dr. Otto Kinsui (MDB), Geraldo Fanali (PRP), Juninho Dias (MDB), Kim (MDB), Leco (PDT), Leo da Padaria (PCdoB), Pedro Peol (PV) e Thiago Martins (PV). O presidente da Câmara, Luiz da Rodaben (PP), deu o voto de Minerva e desempatou a votação.

Votaram a favor do projeto os vereadores Celso Zoppi (PT), Gualter Amado, Maria Giovana, Marschelo Meche (PSDB), Odir Demarchi (PR), Rafael Macris (PSDB), Thiago Brochi (PSDB), Vagner Malheiros (PDT) e Welington Rezende (PRP).

Notícias Relacionadas »
Comentários »

Manifestação na câmara municipal de Santa Bárbara, servidores municipais cobrando sobre o reajuste de 1,69 de aumento no salário.

Publicado por Portal Atualidade em Terça-feira, 29 de maio de 2018