06/02/2019 às 19h49min - Atualizada em 06/02/2019 às 19h49min

Nova Zona Azul de Americana é alvo de críticas de munícipes e comerciantes

Dona de restaurante relata que a taxa da zona azul tem afastado muitos clientes que comiam no local.

Luis Capucci - redacao@portalatualidade.com.br
Foto: Reprodução/ Facebook
A versão ampliada da Zona Azul já está funcionando em Americana, mas tem gerado críticas de munícipes e de comerciantes da cidade.

A nutricionista Marcia Rosolen, que é proprietária do Restaurante Dona Marô Culinária Saudável, que fica na Rua Fortunato Faraone, relata que a taxa da zona azul tem afastado muitos clientes que comiam no local. “Eu vendia 150 pratos por dia. Baixou para 50 desde que a zona azul foi ampliada. Eu estou tendo que dispensar funcionários. Você pode vir andar na rua aqui durante o dia e vai ver que a rua está um deserto”, relatou a proprietária.

O vereador Merschelo Meche (PSDB) também relatou que já foi procurado por aproximadamente 100 munícipes que se mostram confusos e relatam problemas com a nova zona azul.

“Uma coisa é pensar no sistema quando se projeta no papel em uma sala fechada, mas a rotina do dia-a-dia é diferente; ninguém é contra tecnologia, mas o poder público municipal tem feito mudanças significativas, como a questão dos viadutos, impactando diretamente na forma como o comércio e as pessoas foram se organizando ao longo do tempo. Tem que sempre pensar num meio termo, um período de adaptação, se você olhar a quantidade de vagas que estão sobrando atualmente no centro e o impacto no comércio, certamente é porque as pessoas estão ainda com dificuldade em assimilar a nova operação da área azul. Para falar a verdade, quase tudo o que tem envolvido o setor de sistema viário ultimamente é feito da forma mais complicada, sem amplo diálogo com a comunidade, acho que há uma sensação de imposição”, opinou o parlamentar.

A vereadora Maria Giovana Fortunato (PCdoB) relatou que também foi procurada por aproximadamente 50 munícipes que relatando problemas sobre o novo estacionamento rotativo da cidade.

“A gente deve aprovar essa semana ainda (se os colegas concordarem na casa) o requerimento questionando a possibilidade de novos estudos e reduzir um pouco essa área. Além disso, de olhar com um pouco mais de atenção para casos específicos. Tem alguns lugares que tem muito consultórios médicos e as vezes demora duas horas para você ser atendido. Então, tentar debater com um olhar um pouco mais específico essas situações com a prefeitura”, declarou a vereadora.

A Prefeitura de Americana, através de sua assessoria de imprensa, declarou que se a Unidade de Transportes e Sistema Viário (Utransv) estaria levantando os dados, sendo possível um posicionamento somente amanhã.
 
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Manifestação na câmara municipal de Santa Bárbara, servidores municipais cobrando sobre o reajuste de 1,69 de aumento no salário.

Publicado por Portal Atualidade em Terça-feira, 29 de maio de 2018