28/01/2019 às 11h02min - Atualizada em 28/01/2019 às 11h02min

Hospital Albert Einstein divulgará boletim médico após cirurgia de Bolsonaro

144 dias depois de sofrer um atentado com uma facada no abdômen durante ato de campanha

Assessoria de Imprensa
Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil
O presidente Jair Bolsonaro realiza, nesta segunda-feira, 28, uma cirurgia para retirada da bolsa de colostomia, 144 dias depois de sofrer um atentado com uma facada no abdômen durante ato de campanha, em Juiz de Fora (MG).

O procedimento será feito no Hospital Albert Einstein, localizado na zona sul de São Paulo, onde o presidente está internado desde a manhã de domingo, 27. Um boletim médico será divulgado somente após a cirurgia. A assessoria da instituição esclareceu que não vai informar o horário de início do procedimento.

A previsão inicial era que a cirurgia fosse realizada a partir das 6h. No domingo, em vídeo, o presidente citou que seria às 7 horas. O procedimento deve durar de três a quatro horas e será executado por três cirurgiões, dois anestesistas e uma instrumentadora irão executar o procedimento.

Os gastroenterologistas Antonio Luiz de Vasconcellos Macedo, Julio Gozani e Rodolfo Di Dario são os cirurgiões responsáveis pela cirurgia.

Notícias Relacionadas »
Comentários »

Manifestação na câmara municipal de Santa Bárbara, servidores municipais cobrando sobre o reajuste de 1,69 de aumento no salário.

Publicado por Portal Atualidade em Terça-feira, 29 de maio de 2018