16/03/2017 às 00h47min - Atualizada em 16/03/2017 às 00h47min

Varejo fecha 172 vagas em janeiro na região

Números demonstraram melhora em relação a 2016 e seguem tendência positiva

Redação
Reprodução
O mês de janeiro manteve tendência positiva na geração de empregos no comércio varejista dos municípios da base do Sincomercio (Sindicato dos Lojistas e do Comércio Varejista de Americana, Nova Odessa e Santa Bárbara d’Oeste). De acordo com levantamento realizado pela assessoria econômica da entidade, com base em dados do Ministério do Trabalho, no primeiro mês do ano foram fechados 172 postos de trabalho no setor. O número é ligeiramente melhor que o registrado no mesmo período de 2016, que encerrou 186 vagas.
 
Em Nova Odessa, foram fechados 17 postos de trabalho no setor. O número é melhor que o registrado no mesmo período de 2016, que encerrou 27 vagas. O setor que mais contribuiu para os números negativos foi o de Supermercados, que fechou 23 postos no último mês, ante 13 que haviam sido encerrados em janeiro do ano passado. A categoria que prevê melhor desempenho é Lojas de Vestuário, Tecidos e Calçados, que abriu 3 postos de trabalho em janeiro último, ante 8 que haviam sido fechados no primeiro mês do ano passado.
 
Santa Bárbara registrou no primeiro mês do ano o fechamento de 40 postos de trabalho no setor. No ano passado, esse número chegou a 43. O setor que mais contribuiu para os números negativos foi o de Supermercados, que encerrou 13 postos no último mês, ante 13 que haviam sido abertos em janeiro de 2016. Já as categorias que tiveram melhor, foram Materiais de Construção (que fechou apenas 1 vaga em 2017 contra –23 em janeiro do ano passado) e Lojas de Eletrodomésticos e Eletrônicos (que teve saldo positivo de 2 postos de trabalho em janeiro último, ante –13 no primeiro mês de 2016).
 
De acordo com a assessora econômica do Sincomercio, Caroline Miranda Brandão, embora o saldo de postos de trabalho em janeiro deste ano ainda tenha sido negativo, os números apresentam uma expectativa positiva, uma vez que 2016 também já havia apresentando melhora em relação ao ano anterior. “Mesmo que timidamente, a pesquisa de emprego demonstra uma tendência de crescimento na economia, que já vem se confirmando nos últimos meses. Isso significa que as pessoas passam a ter maior poder de compra e, consequentemente, gera o aumento do faturamento dos estabelecimentos”, explica Caroline.
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Manifestação na câmara municipal de Santa Bárbara, servidores municipais cobrando sobre o reajuste de 1,69 de aumento no salário.

Publicado por Portal Atualidade em Terça-feira, 29 de maio de 2018