21/01/2019 às 20h16min - Atualizada em 21/01/2019 às 20h16min

Artista é impedido pela Prefeitura de se apresentar diariamente em praça de S. Bárbara

Artista acredita que o motivo é por ele cantar músicas gospel.

Luis Capucci - redacao@portalatualidade.com.br
Foto: Reprodução/ Facebook
O músico Éder Godoy, natural de Limeira, que toca há três anos e meio na Praça Central de Santa Bárbara d’ Oeste afirma estar sendo impedido de tocar diariamente no local. Fiscais da Prefeitura da cidade relataram para ele que moradores estariam reclamando das apresentações. A situação tem gerado muitos protestos nas redes sociais de pessoas que não querem que o artista pare de se apresentar. 

De acordo com Godoy, ele perdeu o emprego há três anos e meio atrás e decidiu começar a tocar nas ruas. Com o tempo, o músico passou a se apresentar nas cidades vizinhas. “Toquei em Piracicaba e Americana também, mas Santa Bárbara foi o local que mais me abraçou”, relatou Godoy.

Há um ano começaram os problemas no município. Fiscais começaram a abordar o músico e relatar que moradores estariam reclamando para a Prefeitura da presença dele ali. Na última abordagem, de acordo com o artista, um dos funcionários do poder público teria deixado escapar que apenas três pessoas teriam reclamado.

“Eu acho que não é o som que incomoda as pessoas. Até porque eu não toco alto. O que irrita elas é o fato de eu estar tocando música gospel”, declarou o artista.

Atualmente, Éder toca na praça de Santa Bárbara de segunda à sábado. Ele relata ter tido uma reunião com o Secretário de Cultura, Evandro Félix, que lhe teria oferecido a possibilidade de tocar duas horas em um único dia na semana. “O que as pessoas não entendem é que a música é meu sustento. Eu tenho uma esposa e uma filha de dois anos para sustentar”, disse Godoy.

A Prefeitura de Santa Bárbara não respondeu aos questionamentos do Portal Atualidade até o fechamento dessa matéria.

 
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Manifestação na câmara municipal de Santa Bárbara, servidores municipais cobrando sobre o reajuste de 1,69 de aumento no salário.

Publicado por Portal Atualidade em Terça-feira, 29 de maio de 2018