26/04/2017 às 20h04min - Atualizada em 26/04/2017 às 20h04min

Programa Cartão Reforma deve injetar R$ 1 milhão na região

Redação
Ilustrativa

Criado por meio da Medida Provisória 751/2016, o Programa Cartão Reforma, que visa beneficiar famílias de baixa renda já foi aprovado no Congresso Nacional e aguarda sanção do presidente Michel Temer (PMDB). Por meio do Cartão Reforma famílias de baixa renda que recebem até três salários-mínimos, o equivalente a R$ 2,8 mil, terão acesso ao crédito para reforma, ampliação, promoção da acessibilidade ou conclusão de obras. O projeto prevê investimento inicial de R$ 1 bilhão.
 

Análise da assessoria econômica do Sincomercio (Sindicato dos Lojistas e do Comércio Varejista de Americana, Nova Odessa e Santa Bárbara d’Oeste), prevê que o Cartão Reforma deve movimentar, nos três municípios da base, pouco mais de R$ 1 milhão. “O principal setor a sentir os efeitos é o de material de construção”, explica a assessora econômica da entidade, Caroline Miranda Brandão.

Segundo Caroline o será impacto na economia não será maior em função do número de famílias beneficiadas. “O público-alvo estimado é de 3,5 milhões de famílias, entretanto, com o investimento previstos inicialmente para 2017, serão atendidas cerca de 85 mil famílias”, detalha.
 
O beneficiário interessado no Programa deverá ser proprietário e morar no imóvel a ser reformado. Serão priorizadas as famílias cujo responsável seja uma mulher, que tenham idosos ou pessoas com deficiência como membro, além das famílias com renda baixa. O cartão tem validade de um ano e é necessário utilizar no período de vigência. A execução da obra é de responsabilidade da família beneficiada.

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Manifestação na câmara municipal de Santa Bárbara, servidores municipais cobrando sobre o reajuste de 1,69 de aumento no salário.

Publicado por Portal Atualidade em Terça-feira, 29 de maio de 2018