28/08/2018 às 17h29min - Atualizada em 28/08/2018 às 17h29min

Governo Márcio França admite estudo para pedágio na SP-304

Entre trechos da SP-304 que aparecem nos estudos, está a Rodovia Luiz de Queiroz (Americana/ Santa Bárbara d’ Oeste/ Piracicaba)

Luis Capucci - redacao@portalatualidade.com.br
Foto: Reprodução/ Google Maps
O Governo do Estado de São Paulo autorizou o estudo de concessão de novo lote de rodovias que são administradas pelo Departamento de Estradas e Rodagem (DER). Entre trechos da SP-304 que aparecem nos estudos, está a Rodovia Luiz de Queiroz (Americana/ Santa Bárbara d’ Oeste/ Piracicaba). A autorização partiu do governador Márcio França (PSB), que concorre para esse mesmo cargo nas eleições desse ano, e vai na contramão do que foi afirmado por seu antecessor, Geraldo Alckmin (PSDB), que pleiteia atualmente a posição de presidente, que garantiu que não haveria possibilidade de concessão.


A Agência de Transportes do Estado de São Paulo, através de sua assessoria de imprensa, afirmou que a nova concessão tem um investimento de R$ 9 milhões e deve incorporar 800 km.

A Artesp afirmou que “ainda não há qualquer definição sobre a instalação de praças de pedágios”, porém também disse que esse item também faz parte das análises a serem desenvolvidas.

“A concessão é feita para garantir a realização de pesados investimentos nas rodovias cujas operações são transferidas para a concessionária, garantindo, assim, melhoria no sistema rodoviário.”, declarou a Artesp, através de sua assessoria de imprensa.

Na SP-304, também fazem parte do estudo o trecho entre Piracicaba e São Pedro (Rodovia Geraldo de Barros) e entre Piracicaba e Charqueada (Rodovia Deputado Amauri Barroso de Souza).


CONTRA A POSSIBILIDADE DE PEDÁGIO

O deputado estadual e presidente da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp) se mostrou totalmente contrário à possibilidade de concessão da SP-304. “Até deixar o Governo de São Paulo, o governador Geraldo Alckmin nunca sequer mencionou conceder a SP-304. Isso não existia. Foi entrar o governador Márcio França que o tema começou ser discutido. Sou radicalmente contra a concessão da SP 304. Não vamos deixar isso acontecer. A SP 304 tem uma característica maior como uma marginal e não como uma rodovia!”, declarou deputado em nota.




 
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Manifestação na câmara municipal de Santa Bárbara, servidores municipais cobrando sobre o reajuste de 1,69 de aumento no salário.

Publicado por Portal Atualidade em Terça-feira, 29 de maio de 2018