03/08/2018 às 19h15min - Atualizada em 03/08/2018 às 19h15min

Fundação Romi inaugura a 1ª etapa do novo Núcleo de Educação Integrada em S. Bárbara

A instituição de ensino vai englobar agora da Educação Infantil ao Ensino Médio

Luis Capucci
Foto: Divulgação
A Fundação Romi inaugurou na manhã dessa sexta-feira (03) a 1ª etapa do novo Núcleo de Educação Integrada (NEI) em Santa Bárbara d’ Oeste. Essa expansão da escola vai abrigar os alunos do Fundamental 2 e do Ensino Médio, que já iniciam as aulas na próxima segunda-feira (6).

De acordo com a assessoria de imprensa da Fundação Romi, o local, que hoje conta 200 alunos do Fundamental 1, vai passar a contar com 700estaudentes, já que a instituição de ensino vai englobar agora da Educação Infantil ao Ensino Médio.  No total, foram gastos 2,5 milhões com a reforma.

Segundo Ericka Vitta, diretora da escola, o NEI traz uma proposta pedagógica inovadora, que deixa de lado o sistema tradicional de ensino apostilado e com aula expositiva, e passa a abraçar uma nova metodologia. “Aqui vocês não verão salas de aula com as carteiras enfileiradas onde o professor fala e o aluno ouve. No nosso sistema, o conteúdo não é estático, mas sim surge da busca dos estudantes para responderem a um problema prático da sociedade. A escola precisa romper com a ideia de que todo mundo aprende da mesma forma. Por isso, nós acreditamos em um ensino personalizado que respeita o tempo de cada aluno”, declarou a diretora.

A nova proposta de ensino também aposta na interação entre grupos de alunos, com conteúdos sendo trabalhados em conjunto por estudantes de anos letivos diferentes. “Os alunos não trabalham com mesma idade. Eles trabalham entre idades. Eles formam grupos de, por exemplo, 6º e 7º anos e se revezam nessas equipes conforme os temas discutidos. Então quem sabe mais ensina quem sabe menos e com isso todos aprendem”, explicou Ericka.

VEJA AS FOTOS DO EVENTO: 

Inauguração do Núcleo de Educação Integrada da Fundação Romi

Inauguração do Núcleo de Educação Integrada da Fundação Romi



Durante a abertura do evento, a presidente do conselho deliberativo da Fundação, Patrícia Romi Cervone, relembrou um pouco da história da escola em Santa Bárbara. “Existe muito conhecimento nesses corredores. A Fundação começou lá atrás com o Senai. Foram formados mais de 14 mil alunos aqui. Depois tivemos a escola Formador de Formadores, onde foram formadores professores, que saiam daqui e iam multiplicar seu saber por todos os cantos do Brasil. Paralelo à isso, nasceu o Núcleo de Educação Integrada, que desde aquela época já trouxe algo novo para a cidade”, relembrou Patrícia.

Vainer Penatti, superintendente da Fundação Romi, também ressaltou o legado do instituto de ensino. “No discurso de abertura da Fundação, o Comendador Emílio Romi disse a seguinte frase: ‘Tenho certeza que vocês não deixarão perecer isto que servirá a todos’. Ele quis dizer que estava criando uma instituição que deveria ser perene, que seria para servir a todos que a aqui pudessem se beneficiar. Isso é algo que nós levamos com muita seriedade”, disse o superintendente.
De acordo com a assessoria de imprensa, agora começam as obras da segunda etapa do NEI, que vai abrigar as salas do Fundamental 1 e do Infantil.  A inauguração dessa parte está prevista para fevereiro de 2019. Em uma terceira etapa, será construído um ginásio poliesportivo com 700 lugares nas dependências da escola.

O NEI fica na Avenida João Ometto, 118, no bairro Jardim Panambi.
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Manifestação na câmara municipal de Santa Bárbara, servidores municipais cobrando sobre o reajuste de 1,69 de aumento no salário.

Publicado por Portal Atualidade em Terça-feira, 29 de maio de 2018