30/07/2018 às 12h07min - Atualizada em 30/07/2018 às 12h07min

Funcionários públicos de Hortolândia entram em greve

Luis Capucci - [email protected]
Foto: Milton Viana Pinto
Os funcionários públicos de Hortolândia entraram em greve hoje (30). Desde as 7 da manhã, aproximadamente 800 pessoas, sendo a maioria delas das áreas de Educação e Saúde segundo o sindicato que representa a classe, estão em um ato com carro de som em frente ao Paço Municipal da cidade, que fica Avenida Olívio Franceschini, 2.500, no Remanso Campineiro.


De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores do Serviço Público Municipal de Hortolândia (STSPMH), a greve é “pela dignidade e respeito com o servidor”. Em assembleia recente, os trabalhadores rejeitaram a proposta do Poder Executivo de 1,56% de repasse inflacionário.

Entre as reivindicações da classe estão a reposição da perda inflacionária do período entre abril de 2017 e o mesmo mês de 2018, mais 5% de ganho real; plano dentário a custo zero; planos de saúde gratuitos; fornecimento de 25 unidades de tíquete-refeição mensais no valor de R$ 20 por unidade e mudança da data-base para março.

“Desde 2008, nós não temos nada de ganho verdadeiro. Os servidores só tem a cesta básica e o vale transporte. E a cesta básica é muito ruim, que vem com pedaços de borracha. A qualidade é péssima”, relatou Milton Viana Pinto, presidente do o Sindicato dos Trabalhadores do Serviço Público Municipal de Hortolândia.

Segundo o STSPMH, até o momento, nenhum representante do Poder Executivo foi falar com os funcionários em frente ao paço.
Até o fechamento dessa matéria, a Prefeitura de Hortolândia não respondeu os questionamentos do Portal Atualidade.

Foto: Milton Viana Pinto

Foto: Milton Viana Pinto
















 
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Manifestação na câmara municipal de Santa Bárbara, servidores municipais cobrando sobre o reajuste de 1,69 de aumento no salário.

Publicado por Portal Atualidade em Terça-feira, 29 de maio de 2018