17/07/2018 às 19h08min - Atualizada em 17/07/2018 às 19h08min

Grupo de moradores constrói parque infantil em praça de Americana

Amanda Sabino - [email protected]
Foto: Divulgação
Um grupo de 22 moradores resolveu construir um parque infantil numa praça do bairro São Vito, em Americana. Batizado de Parque Vó Palmira, o local é atração durante as férias escolares de julho e atrai dezenas de crianças e pais aos finais de semana.


A iniciativa é do grupo de responsabilidade social Laço Social, formado por pessoas que querem ajudar uma as outras, incentivando inclusive empresas a criarem um olhar social para a comunidade em sua volta. 

De acordo com um dos membros do grupo, o publicitário Bruno Valente, de 35 anos, o projeto do parque teve início em fevereiro e o primeiro brinquedo foi construído em maio. "Planejamos o projeto entre fevereiro e abril. No dia 5 de maio, começamos o primeiro brinquedo", contou.

Ainda segundo Valente, a expectativa do grupo era ter cinco brinquedos até o final do ano, mas a adesão da comunidade superou as expectativas e contribuiu para que fossem construídos dez pontos de diversão até o momento. "A nossa expectativa era ter 5 brinquedos até o final do ano. Mas a comunidade em volta começou a nos ajudar, levando as crianças, fazendo doações de madeiras tratadas, doações em dinheiro, brinquedos, pneus, artesanato, enfim como estamos recebendo ajuda todo sábado, hoje já temos mais de 10 pontos de diversão para crianças e famílias", disse.


O publicitário explicou que a ideia do Parque Vó Palmira veio do Parque Tio Gága, também localizado em Americana. "Sempre visitamos o Parque do Tio Gága no Jardim São Paulo e tivemos a oportunidade de conversar com o Gága alguma vezes. Tínhamos uma área parecida perto de nossas casas, ele nos inspirou a criar algo assim. Ele nos disse para termos calma, que o Parque Tio Gága foi criado em 3 anos", lembrou.



Sobre o grupo
Inspirado no Escotismo, o grupo Laço Social tem a missão de "deixar o mundo melhor do que encontramos". Além do Parque Vól Palmira, o grupo também já realizou diversas atividades sociais, entre as quais o mapeamento da necessidade de todas as instituições das cidades de Americana, Limeira, Santa Barbara, Sumaré Nova Odessa, Campinas e Bauru. "Percebemos que as pessoas querem ajudar, mas não sabem como fazer. Vamos disponibilizar o estudo completo no nosso site", disse Valente.

Para o publicitário, a maioria das pessoas contribui com as instituições no mês de dezembro, em função do Natal, mas se esquece de continuar ajudando nos demais meses do ano. "A nossa vivência de responsabilidade social percebemos que o natal é um mês onde a maioria das instituições recebem ajuda, mas depois ficam desamparadas por todo o ano. Nos outros meses as pessoas querem ajudar e vão pelo mais "prático" se é criança dão brinquedos, se são idosos fraudas geriátricas. Porém, algumas instituições já possuem um estoque disso e precisam realmente de produtos de higiene e limpeza por exemplo", frisou.

Origem do nome
Dona Palmira é uma senhora que mora em frente à praça há mais de 30 anos. Desde do começo, ela se prontificou a ajudar o grupo no que fosse preciso e junto com suas netas, na medida do possível, cuidava da praça com mais de 8,5 mil metros quadrados existente na frente de sua casa. 

A senhora cedeu a casa para que o grupo pudesse guardas as ferramentas e todo o material necessário para a construção do parque. "Para darmos o inicio precisamos de um lugar para guardar as ferramentas, pneus, utilizar a energia elétrica para furadeiras, apoio de água e ela, carinhosamente, nos cedeu a própria casa. Inclusive todo sábado leva café fresquinho e também um galão de água com gelo. Diante de todo essa ato de carinho, nós os voluntários, fizemos a homenagem de chamar o parque de Parque Vó Palmira e ela se emocionou e ficou honrada com o nome", contou Valente.

Saiba como ajudar

Todos os sábados, das 8h30 às 12 horas, o grupo se reúne na praça, que fica na Rua São Teodoro, 200, Jardim Nossa Senhora do Carmo, ao lado do Campo São Vito, em Americana.

Além da construção do Parque, outro objetivo do grupo Laço Social é fazer uma grande festa junto à comunidade no final de semana do Dia das Crianças (dias 12, 13 e 14 de outubro).

Os interessados em fazer parte do grupo ou contribuir com as ações sociais podem entrar em contato com os membros pelos telefones: (19) 98373-0413 (Bruno), (19) 999211-9290 (Guilherme) ou (19) 98372-0168 (Danielli).

Notícias Relacionadas »
Comentários »

Manifestação na câmara municipal de Santa Bárbara, servidores municipais cobrando sobre o reajuste de 1,69 de aumento no salário.

Publicado por Portal Atualidade em Terça-feira, 29 de maio de 2018